Bate-seba e Urias

Bate-Seba e Urias eram casados, e Bate-seba se envolveu com Davi enquanto seu marido estava para a guerra. O Senhor levantou um profeta para repreender a Davi por este pecado. A história deles está relatada na bíblia.

De acordo com as escrituras, os soldados de Davi eram liderados por Joabe, e estavam lutando contra os amonitas, entre estes soldados estava Urias. Certo dia Bate-seba saiu para banhar-se no rio e Davi, que neste dia passeava em seu terraço, a avistou e ficou impressionado com sua formosura. Ele procurou saber de quem se tratava e a mandou chamar, seduzindo-a. Após passar a noite com Davi, ela voltou para sua casa, mas havia engravidado dele. Assim que percebeu o acontecido, mandou avisá-lo.

Davi preocupou-se, e buscou um meio de encobrir sua atitude. Pediu a Joabe que trouxesse Urias para falar com ele.  Quando Urias chegou, Davi perguntou sobre como estaria Joabe e pediu notícias da guerra, em seguida o ordenou que descansasse em casa por algum tempo. Contrariando o rei, Urias dormiu na entrada do palácio, onde dormiam os guardas de seu senhor, e não foi para casa. Davi, ciente desse fato questionou a Urias, que o explicou: “Urias respondeu: A arca e os homens de Israel e de Judá repousam em tendas; o meu senhor Joabe e os seus soldados estão acampados ­ao ar livre. Como poderia eu ir para casa para comer, beber e deitar-me com minha mulher? Juro por teu nome e por tua vida que não farei uma coisa dessas!" (2Sm 11:11)

Numa segunda tentativa de encobrir seu erro, Davi pediu a Urias que ficasse mais um dia em Jerusalém e partisse no dia seguinte. E a tarde o convidou para comer e beber e o embriagou. Nem assim Urias foi para sua casa, e dormiu em sua esteira, onde os guardas de seu senhor dormiam, e não foi para casa. Certamente que voltando ao combate e sobrevivendo, quando retornasse descobriria a traição de sua mulher. Então, Davi mandou uma carta a Joabe, o chefe dos soldados pedindo que colocasse Urias na linha de frente onde o com­bate estivesse mais violento (dessa forma seria ferido e morreria).

Dessa forma Urias morreu em batalha. Quando recebeu a notícia Bate-seba chorou. Passado o luto, Davi mandou que a trouxessem ao palácio e a tornou sua esposa. Este pecado desagradou o Senhor e o profeta Natã foi ter com Davi a fim de repreendê-lo, pois nada escapa aos olhos do Senhor. Davi arrependeu-se e pediu perdão a Deus. Bate-seba teve com Davi mais quatro filhos além deste primeiro (que veio a falecer após sete dias de nascido). E entre eles estava Salomão, que o sucedeu no trono de Israel e cumpriu a promessa de construir um trono para Deus.

Bibliografia:
Bíblia sagrada. Traduzida em português por João Ferreira de Almeida. Revista e Atualizada no Brasil 2 ed Barueri SP, Sociedade Bíblica do Brasil, 1988, 1993.

Arquivado em: Bíblia