Evangelho de João

O Evangelho de João

“No dia seguinte, viu João a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! É este a favor de quem eu disse: após mim vem um homem que possui a primazia, porque existia antes de mim. Eu não o conhecia, mas, para que fosse manifestado a Israel, vim por isso batizando com água" (Jo 1,29:31)

O Evangelho de João quarto e último evangelho na bíblia apresenta Jesus como Verbo de Deus que existiu desde a eternidade com Deus e que se fez ser humano, mostrando assim o amor e a verdade de Deus “No princípio era o Verbo, e o verbo estava com Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por intermédio Dele, e, sem ele, nada do que foi feito se fez. A vida estava nele e a vida era a luz dos homens” (Jo 1,1:4)

Sabe-se que João era irmão de Tiago e filho de Zebedeu (um homem considerado bem sucedido e influente). A tradição afirma que o livro foi escrito por volta de80 a95 DC, e que João tenha escrito no fim de sua vida. Inclusive, a maior parte dos seus relatos é inédita em relação aos outros três evangelhos, uma indicação de que o autor já conheccesse o conteúdo dos outros três livros de sua autoria ao escrever este livro.

A maior parte deste evangelho é dedicado a relatar fatos da trajetória de Jesus Cristo, sobretudo suas palavras durante seus últimos dias. Há indícios de que  propósito de João tenha sido inspirar aos cristãos a permanência na féem Jesus Cristocomo o Filho de Deus, e ainda ressaltar que por meio Dele humanidade terá Salvação "Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna" (Jo 3:16).

Ao final dos vinte e um capítulos, o livro termina com afirmações a exaltar a grandeza das ações de Jesus:

"Jesus Fez Ainda, diante de seus discípulos, muitos outros sinais, que não se acham escritos neste livro. Esses, porém, foram escritos para crerdes que Jesus é o Cristo, Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome" (Jo 20,30:31).

“Há, porém, ainda muitas outras coisas que Jesus fez. Se todas elas fossem relatadas uma por uma, creio eu que nem no mundo inteiro caberiam os livros que seriam escritos” (Jo 21:25)

Bibliografia:
A Bíblia da Mulher: leitura, devocional, e estudo. 2 ed, Barueri SP: sociedade Bíblica do Brasil 2009.
Bíblia sagrada. Traduzida em português por João Ferreira de Almeida. Revista e Atualizada no Brasil 2 ed Barueri SP, Sociedade Bíblica do Brasil, 1988, 1993.

Arquivado em: Bíblia