Isaías

 “Orarás naquele dia: Graças te dou, ó Senhor, porque ainda que te iraste contra mim, a tua ira se retirou, e tu me consolas” (Is 12:1)  

Isaías, filho de Amoz, é uma dos maiores profetas do Velho Testamento, e anunciou suas mensagens proféticas ao povo do reino de Judá e aos moradores da cidade de a partir do ano da morte do rei Uzias, e após Uzias reinaram no tempo de Jeremias os reis Jotão, Acaz e Ezequias, indicando que estes acontecimentos se passaram no período de 742 a687 AC. “No ano da morte do rei Uzias, eu vi o Senhor assentado num alto e sublime trono, e as abas de suas vestes enchiam o templo” (Is 6:1).

Tendo o marido profeta, sua esposa era reconhecida como profetisa na comunidade, e seus dois filhos tiveram nomes significativos: Sear-Jasube “Disse o Senhor a Isaias: agora, sai tu com teu filho, que se chama Um-Resto-Volverá, ao encontro de Acaz, que está na outra extremidade do aqueduto do açude superior, junto ao caminho do campo do lavadeiro” (Is 7:3) e Maer-Salal-Has-Baz “Fui ter coma profetisa, ela concebeu e deu a luz um filho. Então me disse o Senhor: põe-lhe o nome de Rápido-Despojo-Presa-Segura” (Is 8.3).

Isaías era homem influente, de elevada posição social, e dotado de autoridade, inclusive tinha livre acesso à corte real e interferia em questões do Estado e se relacionava com os sacerdotes “Tomei para isto comigo testemunhas fidedignas, a Urias sacerdote, e a Zacarias filho de Jeberequias” (Jr 8:2).

Ao longo de sessenta e seis capítulos, as passagens falam de um tempoem que Judáreino sul estava sendo ameaçada pela Assíria. As últimas passagens do livro mostram que o profeta lutava contra a fragilidade da nação que havia desanimado perante a inimizade das nações vizinhas, e trabalhava para reconstruí-la e restabelecer em Jerusalém a sua força. O pecado era sem dúvida a porta de entrada dos males que os havia atingido, onde ele critica a corrupção de maus governantes, a negligência das práticas da religião, e os comportamentos imorais do povo.

Além de atentar a nação contra o pecado, a desobediência e a falta de fé em Deus, Isaías anuncia a vinda de um descendente de Davi e fala de uma época de prosperidade e paz para o mundo todo: no nascimento do reino do Príncipe da Paz “O povo que andava em trevas viu grande luz, e aos que viviam na região da sombra da morte, resplandeceu-lhes a luz” (Is 9:2).

Bibliografia:
A Bíblia da Mulher: leitura, devocional, e estudo. 2 ed, Barueri SP: sociedade Bíblica do Brasil 2009.
Bíblia sagrada. Traduzida em português por João Ferreira de Almeida. Revista e Atualizada no Brasil 2 ed Barueri SP, Sociedade Bíblica do Brasil, 1988, 1993.

Arquivado em: Bíblia