“e disse: Nu saí do ventre de minha mãe e nu voltarei; o Senhor o deu e o Senhor o tomou; bendito seja o nome do Senhor!” (Jó 1:21)

 O livro de Jó faz parte do Velho Testamento, aparece depois do livro de Ester e antes do livro de Salmos. Seu autor é desconhecido, pois o nome não parece de forma explícita. Entretanto há indícios de que tenha sido escrito pelo próprio Jó, ou ainda por Eliú,  Ezequias, Isaías, Moisés e Salomão. Caso tenha sido Moisés a data possível é de1441 ACe caso tenha sido Salomão a data possível é de950 AC. Uma constatação sobre quem escreveu o livro, é que sem dúvida, tinha aptidões literárias e vasto conhecimento sobre os animais, a mineração, a astronomia, a caça e a consciência sobre o desenvolvimento embrionário.

O livro conta ao longo de 42 capítulos a via de um homem bom, rico e feliz, que adorava o Senhor. E satanás chega diante de deus e pede para tocar na vida de Jó para prova-lo a fé. Com a permissão de Deus “Então satanás respondeu ao Senhor: pele por pele e tudo quanto o homem tem dará pela sua vida.Estende, porém, a mão toca-lhe nos ossos e na carne e verás se não blasfema contra ti a tua face. Disse o Senhor a Satanás: Eis que ele está em teu poder; mas poupa-lhe a vida ” (Jó 2,4:6)

Jó é provado e mesmo após perder todos os bens, a família e a saúde, não amaldiçoa a Deus. Certa passagem mostra que sua própria esposa olha para pos tumores que surgiuram em sua pele, provocando coçeira e sofrimento, e questiona sua fé dizendo “Então, sua mulher lhe disse: Conservas tua  tua integridade? Amaldiçoa a Deus e morre” (Jó 2:9) 

Em meio a estas provações, Jô recebe três amigos Elifaz, Bildade e Zofar que tem o intuito de confortá-lo e conversar sobre as tragédias que surgiram em sua vida. Nesse contexto eles colocam o seu sofrimento como castigo pelo pecado em sua vida. Contudo, Jô persevera e continua dedicado e agradecido a Deus por tudo.

Posteriormente surge então Eliú, que diz a Jó para se humilhar e continuar submisso a Deus mesmo perante as dificuldades para purificar a sua vida. Em seguida, Jó questiona o próprio Deus e com isso aprende lições valiosas sobre o cuidado e a autoridade do Senhor. E ainda, ora pelos seus três amigos, que o haviam visitado antes. O Senhor honra a obediência de Jó e restaura sua saúde, felicidade e prosperidade de forma muito maior do que sua situação anterior.

”Mudou o Senhor a sorte de Jó, quando este orava pelos seus amigos; e o Senhor deu-lhe o dobro de tudo quanto antes possuíra” (Jó 42:10).

Bibliografia:
A Bíblia da Mulher: leitura, devocional, e estudo. 2 ed, Barueri SP: sociedade Bíblica do Brasil 2009.
Bíblia sagrada. Traduzida em português por João Ferreira de Almeida. Revista e Atualizada no Brasil 2 ed Barueri SP, Sociedade Bíblica do Brasil, 1988, 1993.

Arquivado em: Bíblia