Tamar

Tamar é um dos nomes próprios que encontramos na bíblia, e pode ser considerado um nome comum à região onde viviam seus povos de origem, assim como ocorreu com outros nomes que se popularizaram nos tempos mais próximos antes e depois de Cristo, por exemplo “José”, “Maria”, “Judas” entre outros.

Tamar, nora de Judá

A primeira Tamar está mencionada no capítulo trinta e oito de Gênesis, logo no início da bíblia. Consta que era uma mulher astuta, e que priorizou dar continuidade na descendência de seu esposo, como era o costume da época. Ela ficou viúva e teve um filho de seu sogro, chamado Judá.  Na realidade ela deveria ter tido um filho com o irmão mais novo de seu falecido marido, para isso deveria esperar que ele crescesse, inclusive, o próprio patriarca Judá havia lhe pedido isso após a morte do mais velho.

Entretanto Tamar agiu da seguinte forma: voltou para casa de seu pai e quando soube que seu sogro seguia para a região de Timna, onde estavam os toquiadores de ovelhas, ela disfarçou-se como uma prostituta, escondeu o seu rosto e assentou-se na entrada de Enaim, que ficava no meio do caminho, a fim de seduzir Judá. Seu sogro não a reconheceu e concordou em deitar-se com ela, em troca de seu selo, seu cordão e seu cajado. Após engravidar, Tamar revelou a verdade a Judá mostrando0lhe seus pertences e assim, conseguiu provar que ele era o pai da criança. Não foi preciso gerar filho de seu cunhado mais moço, garantiu a descendência de seu marido que falecera, e ainda deu à luz filhos gêmeos, chamados Pérez e Zerá. De acordo com as escrituras, Perez pertenceu a um povo que foi antepassado de Jesus.

Tamar, irmã de Absalão (e vítima de Amnom)

A história da segunda Tamar está mencionada no livro de segunda Samuel, ela era irmã de Absalão e filha de Davi. Trata-se de uma mulher frágil, que foi enganada pelo meio irmão Amnon. Ele estava enlouquecido por ela e fingiu estar doente, pedindo a Tamar que lhe levasse um bolo. Dessa forma atraiu-a para seu quarto e a violentou. Apesar do sofrimento que sentia após ter sido abusada sexualmente, Tamar ainda pediu que ele se casasse com ela, a fim de reparar o erro que ele cometera e diminuir seu constrangimento (naquele tempo, não havia proibição de casamento entre meio irmãos), porém a dureza de coração de Amnom era tamanha a ponto dele passar a odiá-la, vindo a rejeitá-la.

Tamar contou o que aconteceu a seu irmão Absalão, que tempos depois matou Amnom, com o objetivo de honrar sua irmã.

Tamar, filha de Absalão:

Absalão veio a ter uma filha com o mesmo nome de sua irmã. Não há muitas informações sobre ela na bíblia, apenas que era elegante e bonita.  Provavelmente, o nome de sua filha foi uma homenagem a sua irmã.

Bibliografia:
A Bíblia da Mulher: leitura, devocional, e estudo. 2 ed, Barueri SP: sociedade Bíblica do Brasil 2009.
Bíblia sagrada. Traduzida em português por João Ferreira de Almeida. Revista e Atualizada no Brasil 2 ed Barueri SP, Sociedade Bíblica do Brasil, 1988, 1993.

Arquivado em: Bíblia