Tito

“Torna-te, pessoalmente, padrão de boas obras. No ensino, mostra integridade, reverência linguagem sadia e irrepreensível, para que o adversário seja envergonhado, não tendo indignidade nenhuma que dizer a nosso respeito”(Tt 2:7:8)

Tito era um gênio que havia se tornado cristão e acompanhou Paulo em seu trabalho missionário. Inclusive, esta epístola que veio a fazer parte do Novo Testamento foi escrita pelo próprio apostolo Paulo, no período de 62 a 64 DC. Há indicações de que Paulo tenha escrito a Tito de Nicópolis em Épiro. A ilha de Creta era o local onde Paulo deixou Tito encarregado de liderar a igreja, e era habitada por nativos e judeus que ainda não conheciam a verdade sobre Jesus Cristo "A razão de tê-lo deixado em Creta foi para que você pusesse em ordem o que ainda faltava e constituísse presbíteros em cada cidade, como eu o instruí" (Tt 1:5).

Depois de estabelecer várias igrejas em todo o mundo oriental Paulo havia conquistado grande respeito no meio cristão, dando credibilidade e grande repercussão as suas epistolas. E pela introdução desta "a Tito, meu verdadeiro filho em nossa fé comum: Graça e paz da parte de Deus Pai e de Cristo Jesus, nosso Salvador” (Tt 1:4) podemos constatar a consideração que sentiam um pelo outro.

Além da busca por líderes, Paulo faz sugestões sobre como Tito devia instruí-los para o crescimento da fé em Cristo e melhor orientação dos cristãos daquele lugar. Ao longo de apenas três capítulos, ele faz uma sugestão para ajudar Tito a permanecer em seu ministério, firme na fé em Cristo, podendo ele ir a Nicópolis e levasse com ele cerca de dois outros membros daquela igreja para ajudar na obra do Senhor "Houve tempo em que nós também éramos insensatos e desobedientes, vivíamos enganados e escravizados por toda espécie de paixões e prazeres. Vivíamos na maldade e na inveja, sendo detestáveis e odiando-nos uns aos outros. Mas quando se manifestaram a bondade e o amor pelos homens da parte de Deus, nosso Salvador, não por causa de atos de justiça por nós praticados, mas devido à sua misericórdia, ele nos salvou pelo lavar regenerador e renovador do Espírito Santo, que ele derramou sobre nós generosamente, por meio de Jesus Cristo, nosso Salvador" (Tt 3, 3:6).

Bibliografia:
A Bíblia da Mulher: leitura, devocional, e estudo. 2 ed, Barueri SP: sociedade Bíblica do Brasil 2009.
Bíblia sagrada. Traduzida em português por João Ferreira de Almeida. Revista e Atualizada no Brasil 2 ed Barueri SP, Sociedade Bíblica do Brasil, 1988, 1993.

Arquivado em: Bíblia