Allen Ginsberg

Nascido no dia três de junho de 1926 em Newwark, Nova Jersey, Irwin Allen Ginsberg foi um poeta beat que ficou conhecido pelas loucuras cometidas junto a seus companheiros inseparáveis: Jack Kerouac e William Burroughs. Seu livro mais aclamado e conhecido no mundo todo foi “Howl”, obra poética lançada em 1956. Ginsberg, junto a Corso, Ferlinghetti, Snyder, entre outros poetas loucos, iniciou uma revolução nos valores literários, costumes e linguagem na década de 50. O trabalho dele e dos autores citados acima ecoou na contracultura e nas rebeliões feitas pelos jovens das décadas de 60 e 70.

O poeta beat passou por uma infância complicada. Tímido e acuado, era dominado pela paranóia de sua mãe, que acreditava que havia uma conspiração mundial contra ela. Descobriu a poesia ainda na escola, mas após ingressar na Universidade de Columbia, conheceu diversos artistas delinquentes obcecados por drogas, sexo e literatura, combinação que acabou por definir as obras da maioria dos autores beatniks.

Allen era prestativo e gostava de ajudar os amigos a desenvolverem seus talentos literários. Nesta época começou a frequentar boates gays de Greenwich Village e ter seus namorados. A partir daí assumiu um estilo bizarro de viver, acabando por procurar ajuda psiquiátrica. O volume de poesia que já tinha escrito com 29 anos era muito extenso, mas nada havia sido publicado. Isso acabou em 1955, com a publicação do poema “Howl” (Uivo).

“Uivo, após enfrentar uma tentativa de censura e processo de 1957, e suscitar críticas e repreensões tanto da direita, do estabilishment, quanto da esquerda ortodoxa, conquistou milhões de leitores”, escreveu William Carlos Williams, no prefácio de Uivo e Outros Poemas.

Celebridade entre os jovens rebeldes dos anos 60, Ginsberg ficava cada vez mais popular e se aliou a Timothy Leary, guru do LSD, para divulgar o sintético psicodélico. Começa a participar de muitos eventos, um deles foi o Human Be-in (1967 – São Francisco). Na ocasião, Ginsberg conduziu uma multidão que cantava o mantra OM. Também foi um ícone nos protestos para a retirada dos soldados americanos do Vietnã.

Allen Ginsberg ainda conheceria Rinpoche, um guru tibetano que acabou tornando-se seu guru pessoal. Junto à poetisa Anne Waldman, criou uma escola de poesia, assim, manteve-se ativo na efervescência cultural americana até morrer, no dia cinco de abril de 1997 em N.Y.

“Os corpos quentes
brilham juntos
na ecuridão,
a mão se move
para o centro
da carne ,
a pele treme
na felicidade
e a alma sobe
feliz até o olho”.

(Allen Ginsberg)

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Allen_Ginsberg
http://www.pensador.info/autor/Allen_Ginsberg/
http://www.tanto.com.br/ginsberg.htm
Ginsberg, Allen. Uivo e Outros Poemas. Porto Alegre: Editora L&PM, 1999.

Arquivado em: Biografias, Escritores