Guálter (santo)

Religioso de ordem franciscana que foi enviado por São Francisco de Assis para Portugal em missão no começo do século XIII, São Guálter é considerado o padroeiro de Guimarães, cidade portuguesa. Junto ao seu amigo frei Zacarias, Frei Guálter desembarca em terras portuguesas no ano de 1217. Ao enviar os religiosos, Francisco de Assis tinha o objetivo de levar ao país lusitano a recentemente criada Ordem dos Franciscanos, que tinha como princípios a humildade, a simplicidade e a justiça.

Enquanto Zacarias foi para a região sul do país, área onde criou conventos em Lisboa e Alenquer, Frei Guálter ficou em Guimarães. No começo, o religioso estabeleceu-se próximo ao monte de Santa Catarina, que na época era conhecido pelo nome de Fonte Santa, com sua localização próxima à vila. Os cidadãos de Guimarães simpatizaram com Frei Guálter, suas pregações e suas ideias. Desta forma, vários frades optaram por mudar para um lugar mais perto do burgo, conhecido como São Francisco Velho, local onde foi estabelecida a primeira casa dos fransciscanos. De acordo com alguns historiadores, a data provável da morte de Frei Guálter é o ano de 1259, tendo sido sepultado no convento.

No ano de 1271 houve uma mudança em que os frades delocaram-se para um edifício nas proximidades das muralhas de Guimarães. Porém, as autoridades portuguesas acharam que isso comprometeria a segurança da vila, então, o edifício foi demolido no ano de 1325 através de D. Dinis. Somente no século XV um 3º convento foi construído, na época de D. João.

Tamanha a devoção em torno da santidade de São Guálter que, em 1527, foi contruída a Irmandade de São Guálter. Os devotos atribuíam a realização de milagres ao santo. Cinquenta anos depois, foi contruída uma capela na Igreja do Convento da Ordem, local onde foram colocadas as relíquias de São Guálter. Anualmente, esta irmandade faz uma procissão.

Em 1750, a capela de São Guálter da ordem dos franciscanos acabou sendo demolida, sendo instituída novamente em 1800. No século XIX, transferiu-se o altar para a Igreja dos Santos Passos de Guimarães, local em que uma imagem antiga do santo pode ser visitada. No ano de 2009 foram encontrados dentro de uma imagem, restos humanos que foram considerados reílquias do santo Guálter.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%A3o_Gualter
http://salmos.a77.com.br/santo_do_dia/santo_do_dia_data_04_08.php
http://www.snpcultura.org/guimaraes_e_frei_gualter_capital_europeia_cultura_celebra_padroeiro.html
http://www.mensageirosantoantonio.com/messaggero/pagina_articolo.asp?IDX=521IDRX=97

Arquivado em: Biografias