John Lennon

Um dos mais célebres compositores britânicos, músico, escritor e ativista pela paz, John Winston Lennon, mais conhecido como John Lennon, nasceu no dia 9 de outubro de 1940, em Liverpool, Reino Unido. Ele é um dos maiores ídolos do século XX.

Seus pais, Julia e Alfred Lennon, foram figuras ausentes em sua existência, especialmente o lado paterno. Educado por sua tia Mimi, ele eventualmente recebia uma visita de sua mãe, com quem aprendeu a tocar guitarra. Logo cedo, porém, ela morreu, vítima de um atropelamento.

John cresceu no seio de uma família abastada. Ele foi educado em uma escola de alto nível, a Quarry Bank Grammar School, instituição que testemunhou o nascimento dos Beatles, em 1956, nesta época batizados ainda de The Quarrymen, grupo inicialmente formado por Eric Griffths (violão), Bill Smith (baixo improvisado) e Rod Davis (banjo). Neste mesmo ano John conhece Paul e o convida para tocar em sua banda.

Lennon tinha paixão pela literatura, e alguns poemas compostos neste período seriam posteriormente convertidos em famosas canções dos Beatles. Logo cedo John e Paul criaram uma sintonia perfeita, até mesmo por compartilharem alguns eventos de suas existências, especialmente a perda prematura da mãe. Eles viriam a formar uma das mais célebres duplas de compositores da história da música, sendo responsáveis pela criação das mais belas letras de todos os tempos.

A banda The Beatles nasceu em 1960, já integrada por George Harrison e Stuart Sutcliffe, contrabaixista que pouco tempo depois desertaria do grupo para se casar em Hamburgo. Foi ele o responsável pela indicação do nome The Beetles, em referência aos besouros, uma forma de reverenciar o grupo The Crickets – Os Grilos -, liderado por Buddy Holly. Logo depois de um tour musical, porém, eles transformam de vez o nome do conjunto em The Beatles.

John foi inspirado pelo rock and roll de Elvis Presley e de Chuck Berry. Entre as composições deste ícone do cenário musical destacam-se Help!, Strawberry Fields Forever e All You Need Is Love, enquanto integrava os Beatles, e Imagine, Happy Xmas (War Is Over), Woman, entre outras, criadas depois da ruptura com sua antiga banda. Ele se tornou tão famoso que em 2002 foi cotado como um dos 100 mais importantes britânicos de todos os tempos, posicionado em oitavo lugar, numa pesquisa patrocinada pela BBC.

Ao realizar seus estudos na Liverpool Art College, o músico conheceu Cynthia Powel, com quem se casaria em 23 de agosto de 1962. Seu filho Julian nasceu no dia 8 de abril de 1963, no auge do sucesso dos Beatles, quando John e seus companheiros ascendiam no universo da fama, ocupados entre viagens, apresentações, gravações, filmes e outras exigências do sucesso. Não foi surpresa, portanto, que seu filho também tivesse uma figura paterna um tanto ausente.

Em 1968 Lennon conhece Yoko Ono, artista plástica, e a partir daí ela se torna o centro de seu universo existencial, ocupando o espaço reservado à sua trajetória musical e aos amigos. Com a morte de Brian Epstein, lendário empresário dos Beatles, em 1967, Paul tenta administrar o grupo. Mas a Aplle Corps, empresa organizada pela banda, vai à falência, e a interferência frequente de Yoko Ono nas gravações, somada à árdua busca de um novo empresário, levaram John e Paul a se posicionarem em campos contrários. A crescente tensão no seio do grupo levou seus integrantes a decidirem pelo final dos Beatles. John passa a cantar e compor sozinho ou com Yoko.

Com o nascimento de seu novo filho, Sean Lennon, John se distancia de tudo e se devota a sua família. Em 1980 ele decide retornar à cena musical, gravando um novo disco em 1980. Mas, neste mesmo ano, no dia 8 de dezembro, ao retornar do estúdio ao lado de Yoko, ele é brutalmente assassinado por Mark David Chapman, na cidade de Nova York.

Edifício Dakota, residência de John Lennon e local de seu assassinato (Nova York, Estados Unidos). Foto: Stocksnapper / Shutterstock.com

Fontes
http://pt.wikipedia.org/wiki/John_Lennon
http://www.getback.com.br/BEATLES/biografia%20John/johnlennon.htm

Arquivado em: Biografias, Música