Marc Chagall

Mestre em Artes Visuais (UDESC, 2010)
Graduada em Licenciatura em Desenho e Plástica (UFSM, 2008)

Nascido Moïshe Zakharovich Shagalov, Marc Chagall foi pintor, gravador e vitralista. Nasceu em uma família judaica humilde de dez filhos na cidade de Vitebsk na Rússia no dia 07 de Julho de 1887. Descobriu sua inclinação para a pintura ainda jovem no ateliê de um famoso retratista em sua cidade natal, dando continuidade em São Petersburgo, em seguida mudou-se para Paris, onde viveu de 1910 a 1914.

"O soldado bebe", obra de Marc Chagall (1912).

"O soldado bebe", obra de Marc Chagall (1912).

Em Paris, Chagall entrou em contato com as vanguardas modernistas e conheceu outros artistas como Amadeo Modigliani e  Guillaume Apollinaire. Influenciado pelas vanguardas, especialmente o Cubismo, o Surrealismo e o Fauvismo, nesse período pinta as obras O soldado bebe e Eu e a aldeia. Seus trabalhos trazem com frequência lembranças de familiares e da cidade onde nasceu, carregadas de fantasia e elementos oníricos.

Com o início da Primeira Guerra Mundial, Chagall que estava de visita à Rússia em 1914 não pôde voltar à Europa. Lá, se casou com Bella, uma moça que havia retratado antes de partir para a Europa. Mesmo após a morte da amada, o artista continuou refletindo seu amor pela esposa em suas obras.

No tempo em que permaneceu na Rússia assumiu no cargo de Comissário de Arte de Vitebsk. Permaneceu lá até 1922 quando voltou a Paris, onde iniciou um período de grande produção artística. Em 1927 ilustrou as Fábulas de La Fontaine, um conjunto de cem gravuras que foram publicadas somente em 1952. Os anos que se seguiram foram prósperos na vida pessoal e profissional de Marc Chagall.

Em meados na década de 1930, suas pinturas refletem o clima de guerra e perseguição do governo nazista. Nesse período suas obras ganham elementos dramáticos e religiosos. Refugiou-se nos Estados Unidos e em 1947 retorna a França onde permanece até sua morte.

Para tirar inspiração para suas ilustrações Dafnis e Cloé, visitou à Grécia a fim de pesquisar o mundo antigo. Em seguida realiza importantes exposições em Nova Iorque e Paris, além de criar vitrais para igrejas e sinagogas.

Obras de Marc Chagall

  • Eu e a princesa (1911);
  • O prometido (1911);
  • A Chuva (1911);
  • Maternidade (1912);
  • Paris à Janela (1913);
  • Mania cortando o pão (1914);
  • O violinista verde (1924);
  • A sirene (1945);
  • Vila cinzenta (1964);
  • Cesta de frutas e ananás (1964);
  • O círculo vermelho (1966);
  • Alegria (1980);
  • O palhaço voador (1981).

Marc Chagall morreu em 28 de março de 1985. A 4ª Bienal de São Paulo homenageou o artista expondo suas obras em uma sala especial.

Referências:
http://www.mac.usp.br/mac/templates/projetos/seculoxx/modulo1/expressionismo/surrealismo/chagall/index.html

http://www.pintoresfamosos.com.br/?pg=chagall

Arquivado em: Biografias, Pintura