Geopolítica

Graduado em Geografia (Centro Universitário Fundação Santo André, 2014)

Ouça este artigo:

A Geografia é uma das chamadas ciências modernas incluída no currículo do ensino básico no país. Essa ciência possui uma gama de temas ou áreas de estudo que se dividem dando focos a elementos específicos e suas relações, dentre elas existe a Geopolítica que se refere à análise de questões políticas sobre determinados territórios, compreendendo relações da história, ciências sociais e políticas em conjunto com a geografia nos diversos níveis, desde um Estado até escala mundial.

A Geografia Política que pode ser associada a geopolítica possui uma definição um pouco diferente, é preciso ter cuidado ao utilizá-las como sinônimos pois a geografia política se refere ao estudo sobre a luta pelo espaço territorial.

O termo Geopolítica foi criado no início do século XX pelo cientista político Rudolf Kjellén, que se baseou na obra "Politische Geographie" (Geografia Política) de Friedrich Ratzel, escrito em 1897. Esse conceito tem início em seu desenvolvimento por volta da segunda metade do século XIX, por conta das redefinições de fronteiras que estavam ocorrendo pelo território europeu. O imperialismo também foi importante para compreender a geopolítica, sendo um sistema de expansionismo europeu a partir de uma dominação territorial nos continentes africano e asiático chamado de neocolonialismo.

De modo geral Kjellén cria o termo geopolítica buscando construir relações entre os acontecimentos políticos e os aspectos geográficos, tentando compreender como as estratégias escolhidas pelos governos influenciavam nos seus territórios e, por consequência, no cenário global.

Durante o período da Guerra Fria muitos princípios da geopolítica foram se aprimorando, havia uma grande disputa ideológica e política entre as duas principais potências da época, os Estados Unidos e a União Soviética. As relações entre estratégias territoriais foram um grande marco nesse período, na busca de conquistar aliados e territórios, auxiliando na definição de valores e padrões sociais. Com o fim desse período por volta da década de 1990 a geopolítica passa a ter outras questões como as nucleares, terrorismo, redefinições de fronteiras nos países africanos e Oriente Médio, problemas socioambientais, entre outros.

Com o fim da Guerra Fria a organização política e ideológica global passou a ser chamada de Nova Ordem Mundial, isso caracterizava a concentração de poder nas mãos de poucas nações, as mais desenvolvidas. Esses Estados definem valores e padrões sociais impondo seu poder sobre áreas conquistadas, influenciando decisões políticas, econômicas e sociais em países periféricos, ou seja, nos de menor desenvolvimento.

Geopolítica no Brasil

No caso do Brasil os estudos de geopolítica se iniciam com intensidade após a Segunda Guerra Mundial. O principal marco foi a criação da Escola Brasileira Superior de Guerra (ESG), construída em 1949 com apoio dos Estado Unidos. Sua função era identificar demandas sociais e transformá-las em projetos, por exemplo, o problema dos vazios demográficos, isto é, a falta de habitantes em determinadas áreas do país.

Foi desenvolvida uma teoria de integração do país que se dividiu em três fases, sendo a primeira uma integração que ligaria a região Nordeste e o Sul ao centro, seu intuito era a proteção nacional caso algum país atacasse o Brasil pelo Oceano Atlântico, com isso a mobilização de tropas seria mais fácil. A segunda fase se resume em povoar a região noroeste do Brasil para evitar invasão terrestre e a terceira ocupar a Amazônia (região de grande vazio demográfico). Também deviam ser criados meios para que indústrias se instalassem no Norte, o que acabou acontecendo com a Zona Franca de Manaus.

A mudança da capital do Brasil, saindo do Rio de Janeiro (RJ) para Brasília, também possui caráter geopolítico, pois uma capital em cidade litorânea estava mais suscetível a sofrer ataques pelo mar devido ser uma área mais exposta, já no interior do território do país havia uma maior seguridade. Outro fator é a zona de influência, pois a capital estando presente ao centro do território ela exerce uma influência mais igualitária para todas as regiões, quando se encontrava no sudeste as regiões norte e nordeste se encontravam com menor influência política e econômica.

Exercícios e questões de vestibulares

Questão 01: (UFPB 2008)

A organização do território de um espaço nacional, assim como as relações de produção, refletem a natureza do sistema social e político, que comanda as relações de produção desse território. Nesse sentido, é correto afirmar:

Veja a resposta desta e mais outras questões!
Exercícios sobre Geopolítica - Questões
Arquivado em: Ciências, Geografia, Política