Águas-vivas

Mestre em Dinâmica dos Oceanos e da Terra (UFF, 2016)
Graduada em Biologia (UNIRIO, 2014)

As medusas (comumente chamadas de águas-vivas) são um dos principais representantes do filo Cnidaria. Seus corpos são compostos majoritariamente (95%) por água, característica que inspirou seu nome popular.

Características gerais

Água viva. Foto: Kerimli / Shutterstock.com

As águas-vivas compõe a classe Hydrozoa, que pertence ao filo Cnidaria. Nesta classe, são encontradas duas formas principais de organismos: os pólipos, que geralmente são sésseis (i.e. fixos ao substrato), e as medusas, que correspondem às formas de vida livre, e nadam na água usando movimentos rítmicos de sua umbrela. Ambos animais apresentam simetria radial e são formados por duas camadas de tecido corporal: a epiderme, camada mais externa, e a gastroderme, camada mais interna e que reveste a cavidade gastrovascular, onde o alimento consumido é digerido. Entre estas camadas, encontra-se uma massa gelatinosa característica do grupo, a mesogleia. Esta substância atua como o ‘tecido conjuntivo’ dos cnidários, preenchendo espaços entre as dermes, além de influenciar na densidade das águas-vivas, facilitando sua submersão ou emersão na coluna d’água.

A forma medusoide das águas-vivas divide seu corpo em três partes principais: a umbrela, parte superior do corpo cujo formato se assemelha ao de um guarda-chuva aberto, onde está localizada a cavidade gastrovascular; os tentáculos orais, que circundam a boca; e os tentáculos ‘urticantes’, onde estão situados os cnidócitos (ou cnidoblastos), células que auxiliam a captura de presas e proteção contra predadores. Os cnidócitos são, inclusive, a estrutura que deu nome ao filo Cnidaria, que deriva do grego ‘knidos’ e significa ‘urticante’ ou ‘que queima’. Essas células têm forma de cápsula e possuem uma estrutura chamada cnidocílio, que funciona como um gatilho; quando este é estimulado, o nematocisto é projetado para fora da cápsula e se prende ao corpo da presa, liberando uma substância urticante (neurotoxina) capaz de paralisar e até mesmo matar sua presa. Nos humanos, esse procedimento geralmente resulta na famosa queimadura de água-viva, provocando apenas dor; no entanto, algumas espécies como a Chironex fleckeri, conhecida vulgarmente como vespa-do-mar ou cubomedusa podem causar danos mais severos. Esta espécie de água-viva pode ser encontrada em águas australianas, e caracteriza-se por sua pequena umbrela (entre 16 e 24 centímetros) e enormes tentáculos de até 3 metros de comprimento. Cada um de seus tentáculos apresentam milhões de nematocistos e seu contato com o ser humano pode resultar em paralisa, parada cardíaca ou até mesmo a morte em poucos minutos. Outra forma de proteção das águas-vivas é a própria ‘camuflagem’ na coluna d’água, visto que estes animais são compostos majoritariamente por água.

Água viva conhecida como vespa-do-mar (Chironex fleckeri). Foto: Fon Duangkamon / Shutterstock.com

Reprodução

A reprodução das águas-vivas se dá por um interessante processo de alternância de gerações. Indivíduos adultos de forma livre (i.e. medusas) realizam a reprodução sexuada, em que macho e fêmea liberam esperma e ovos, respectivamente, na água. Quando a fecundação ocorre, forma-se a larva plânula pelágica (fase diploide). Esta larva pode dar origem à duas formas diferentes: se desenvolver e se transformar em uma medusa, ou se fixar ao substrato e adquirir a forma de um pólipo jovem, que recebe o nome de cifístoma. No entanto, este pólipo pode dar origem à uma nova medusa em etapas seguintes do seu desenvolvimento, após vários episódios de reprodução assexuada por brotamento ou gemulação, formando uma colônia de clones conhecida como estróbilo (fase haploide). Cada um desses clones é conhecido como éfira, uma forma imatura de medusa, que se solta do pólipo e reinicia o ciclo.

Leia também:

Referências:

Nacional Oceanic and Atmospheric Administration (NOOA). What are jellyfish made of? Disponível em: https://oceanservice.noaa.gov/facts/jellyfish.html

Oceana. Feature: Jellyfish. Disponível em: https://eu.oceana.org/en/feature-about-jellyfish-0

Planeta Biologia. Hidrozoários – Classe Hydrozoa. Disponível em: https://planetabiologia.com/hidrozoarios-classe-hydrozoa/

Arquivado em: Cnidários