Comunicação e Internet

As empresas, organizações, instituições, sejam públicas ou privadas, todos os grupos que possuem uma função social, etc estão constantemente aprimorando (ou aderindo, quando no início) a técnicas de comunicação. E uma dessas ferramentas que mais tem apresentado novidades sem dúvida é a internet. Muitas organizações, assim como para seus outros departamentos chegam a pensar um plano anual de comunicação, por já reconhecerem a importância de se expressarem bem na sociedade.

O Prof Dr Aluízio Trinta, em seu artigo “Comunicação Empresarial à época da internet” define o termo comunicação como “Dito de modo simples, comunicar (-se) quer dizer ‘por em comum’ ou ‘tornar comum’; também ‘repartir’, ‘compartir’, ‘compartilhar’ (sentimentos, desejos, intenções, idéias), bem como ‘associar-se (a)’ e, ainda, ‘dialogar’. Em virtude de seu dinamismo próprio, o ato, a ação e a atividade de comunicar (-se) podem ser traduzidos por ‘anunciar’, transmitir, ‘ reunir, ligar-se (a)’, ‘por-se em contato’ e mesmo ‘conectar (-se)’. Comunicar (-se) sugere ‘argumentar’, ‘persuadir’ e ‘seduzir’: produzir modificações no comportamento e na atitude de uma ou mais pessoas”.

Alguns meios tradicionais de comunicação (por exemplo folhetos, jornais, murais, etc) não deixaram de ser amplamente utilizados para tornar comum alguma informação, entretanto, a internet revolucionou a forma de se comunicar.  Por sua vez, a Internet é uma rede que se organiza em forma de uma teia, ela interliga computadores de todo o mundo que estejam conectados nela, um processo da informática que atende pelas siglas TCP/IP (Protocolo de Controle de Transferência/Protocolo Internet), pois os computadores que entendem essa linguagem são capazes de trocar informações entre si podendo ser máquinas de diferentes tipos, sejam eles PC's, Mac's e Unix.

Atualmente dispomos de grandes redes de comunicação, responsáveis pela agilidade e capacidade de longo alcance das informações, onde a contemporaneidade dessa era eletrônica nos situa num ciberespaço, cibercultura, trafegamos em infovias... e uma quantidade exagerada de conteúdos produzidos e disponibilizados neste ambiente virtual. Uma característica determinante para se “tornar comum” na internet é a interatividade.

Recursos como a Intranet (conteúdo virtual de acesso interno da organização), Redes sociais (orkut, facebook, MSN Messenger, e outros sites de relacionamento), Newsletter (envio de boletins via correio eletrônico), Videoconferência (reuniões sem localização territorial) estão entre as possibilidades que a internet ofereceu a comunicação na última década. Por meio da interatividade virtual anulamos a interferência do espaço físico na comunicação, de forma que a distância deixou de ser empecilho para que a informação circule. Além disso, as tecnologias de informação reduzem custos inerentes a transações, abrem novos canais de distribuição e oferecem alternativas mais flexíveis para que o diálogo entre as instituições e seus públicos-alvos aconteça.

Bibliografia:
CASTELLS, Manuel. Internet e sociedadeem rede. InMORAES, Denis de (org.) Por uma outra comunicação: mídia, mundialização cultural e poder. Rio de janeiro: Record, 2003.
Artigo “Comunicação Empresarial à época da internet”, Prof Dr Aluizio Trinta.

 

Arquivado em: Comunicação, Internet