Missionário

“E disse-lhes: Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura” (Mc 16: 15).

O Missionário é um pregador, é aquele indivíduo que exerce a pregação da sua fé. É aquele que se dedica a propagar uma idéia, um enviado, alguém que teve a incumbência de levar a Palavra de Deus, ou quando não há deslocamento geográfico, há um compromisso de exercer a vocação nos ambientes onde é solicitado.

Uma característica muito forte da atuação missionária, é a preocupação em levar a fundamentação religiosa a lugares onde ela ainda não foi conhecida, ou expandida. Este trabalho pode ser relacionado a assistência social, onde as boas obras (materiais ou não), são frutos da fé.

A máxima cristã de “amar o próximo como a si mesmo” é conhecida pelo senso comum, ainda por quem não confessa está fé. A prática de boas ações, tomar atitudes que primam pelo bem do próximo, renunciar o próprio tempo, o respeito a leis e cultura locais, estão entre características que independem da religião para acontecerem. Entretanto, quando essa postura está vinculada a confissão de fé e embasadas nas escrituras sagradas, ela passa a ter a caracteristica de missão.

No Brasil, muitas igrejas foram implantadas e progrediram como resultado de trabalho missionário, como por exemplo a Igreja do Evangelho Quadrangular, Batista, Metodista, Assembléia, entre outras. A origem das igrejas protestantes no Brasil está ligada a perseguição sofrida por pregadores em seus países de origem e que aqui se refugiaram, ou ao forte “chamado”, a vocação de trazer a fé ao nosso país; ou as duas motivações juntas. Há relatos que os missionários que fundaram as primeiras igrejas foram também alvo de críticas e perseguições neste país.

Embora a vocação missionária tenha sua origem relatada na bíblia, esta atividade de migrar a serviço do bem de outrem pode não ter um vínculo cristão. Por exemplo, ao passo que Jesus orientou aos apóstolos para que fossem e pregassem o evangelho a toda a criatura; o ministério do exército brasileiro envia militares em missões para progresso de outros países por meio de mão de obra, doação de alimentos, roupas, medicamentos, assistência médica, etc. Uma fundamentação não exclui a outra, e algumas missões pode haver parceria entre organizações e realizarem o trabalho juntas.

Bibliografia:
A Bíblia da Mulher: leitura, devocional, e estudo. 2 ed, Barueri SP: sociedade Bíblica do Brasil 2009.
Bíblia sagrada. Traduzida em português por João Ferreira de Almeida. Revista e Atualizada no Brasil 2 ed Barueri SP, Sociedade Bíblica do Brasil, 1988, 1993.

Arquivado em: Cristianismo