Obreiro

“Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade” (II Tm 2:15)

O Obreiro é aquele que serve. O obreiro aprovado é aquele que antes de tudo ama a Deus e a Sua Palavra. Ele tem a finalidade de servir no reino de Deus geralmente atuando nas igrejas e trabalha auxiliando o pastor, ajudando a manter a ordem, cuidando da rotina e das atividades. Pode ser visto como uma autoridade espiritual, pois é responsável também pelas orações e intercessões.

Entre as atividades dos obreiros podemos citar a recepção. Pode ocorrer que uma pessoa chegue à Igreja pela primeira vez e, procurando por ajuda, acaba sendo recebida e aconselhada por um deles. O obreiro costuma se apresentar sempre asseado, educado e baseia suas opiniões na segundo as instruções bíblicas. Para exercer esta função na igreja é preciso que sinta um chamado, e que viva de acordo com a Palavra, que viva de acordo com o que prega ou argumenta para os outros.

Nas igrejas que confessam a fé na santíssima trindade, torna-se fundamental que o obreiro seja batizado no Espírito Santo. Isso corre porque no caso dessas igrejas, há um entendimento de que o desejo de ser obreiro não deve surgir pela simples vontade de orar ou “decorar” os corredores da igreja. E sim, que haja uma vontade genuína de ajudar ao próximo, de salvar almas. E sob essa perspectiva, quando uma pessoa é batizada no Espírito Santo ela passa a ter o desejo e a responsabilidade de ajudar o próximo.

Além da preparação física, como por exemplo, roupas adequadas, descentes, cabelos presos (mulheres) ou cortados, a organização e comprometimento com horário, entre outros, há uma preparação espiritual para que essa função possa ser exercida com qualidade na obra de Deus. Esta preparação inclui a busca constante da presença de  Deus em oração, leitura da Bíblia, jejum, santificação, e sobretudo fidelidade aos princípios cristãos.

Sobre a vida pessoal dos obreiros, de acordo com as escrituras, eles devem ser retos perante o Senhor, dignos, pessoas de palavra, devem ser de fato, trabalhadores que se esforçam ao máximo para de fato não tem do que se envergonhar na justiça de homens e, principalmente, de Deus.

Bibliografia:
http://www.estudosgospel.com.br/estudos/diversos/as-sete-caracteristicas-do-obreiro-aprovado.html
A Bíblia da Mulher: leitura, devocional, e estudo. 2 ed, Barueri SP: sociedade Bíblica do Brasil 2009.
Bíblia sagrada. Traduzida em português por João Ferreira de Almeida. Revista e Atualizada no Brasil 2 ed Barueri SP, Sociedade Bíblica do Brasil, 1988, 1993

Arquivado em: Cristianismo