Dia Mundial da Paz

Todos os dias a paz deveria ser celebrada. No entanto, a paz é comemorada em dois dias no ano.

Em 8 de dezembro de 1967, o Papa Paulo VI publicou uma mensagem na qual instituiu que o primeiro dia do ano civil, ou seja, dia 1º de janeiro, fosse considerado o Dia Mundial da Paz, no qual a paz seria celebrada. Em 1968, portanto, foi celebrado o primeiro Dia Mundial da Paz, então chamado apenas de Dia da Paz. Desde esse ano, o Papa escolhe um tema relacionado à paz, sobre o qual escreve uma mensagem. A mensagem do Papa bento XVI para o ano de 2009 é: Combater a pobreza, construir a Paz.

O dia 21 de setembro é considerado o Dia Internacional da Paz. Em 1981, as nações foram convidadas a celebrar a paz nesse dia por ser o dia em que são iniciados os trabalhos na Assembléia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU). Esse dia é conhecido como um dia de cessar-fogo e de não violência em todo o mundo.

Em 21 de setembro de 2003, o então secretario – geral da ONU, Kofi Annan, na abertura da Assembléia Geral, passou a seguinte mensagem:

O Dia Internacional da Paz deve ser também, para a comunidade internacional em geral, uma pausa para reflexão sobre as ameaças e desafios que enfrentamos. Em algumas partes do mundo, há a percepção de que as principais ameaças à paz e à segurança são as novas e potencialmente mais virulentas formas de terrorismo, a proliferação das armas não convencionais, a difusão de redes criminosas internacionais e as maneiras como todos estes problemas se juntam e reforçam mutuamente. Mas, para muitos outros habitantes do nosso planeta, a pobreza, a doença, a privação e a guerra civil continuam a ser as grandes prioridades (2003).

Em 21 de setembro de 2006, Kofi Annan deixaria sua última mensagem, como secretario – geral, em prol da paz:

Para alguns de nós, a paz é uma realidade quotidiana. As nossas ruas são seguras e os nossos filhos vão à escola. Quando o tecido social é sólido, os preciosos dons da paz quase passam despercebidos.

Mas, para um número demasiado elevado de pessoas, no mundo de hoje, esses dons não passam de um sonho irrealizável. Vivem prisioneiras da insegurança e do medo. Estes são a principal razão de ser deste Dia.

Há vinte e cinco anos, a Assembléia Geral proclamou o Dia internacional da Paz, como um dia de cessar-fogo e de não violência em todo o mundo. Desde então, a ONU tem celebrado este dia, cuja finalidade não é apenas que as pessoas pensem na paz, mas sim que façam também algo a favor da paz (2006).

Em 2001, Kofi Annan recebeu o Premio Nobel da Paz. Infelizmente, seus esforços, assim como de outras milhões de pessoas espalhadas pelo mundo, são pouco diante da fragilidade da paz em nosso planeta.

Fontes
Mensagens do Secretário Geral da ONU Kofi Annan por ocasião do Dia Internacional da Paz. Disponível em: http://www.nossosaopaulo.com.br/Reg_SP/Barra_Escolha/ONU_Paz.htm Acesso em 28 fev. 2009.

Arquivado em: Datas Comemorativas