População do Kuwait

O povo kuwaitiano é formado por árabes, a cidadania só é concedida a quem pode demonstrar que é descendente de antepassados locais antes de 1.920. Contudo, existem vários grupos minoritários como árabes procedentes de países vizinhos, hindus, europeus, paquistaneses e iraquianos, atraídos pela oferta de emprego na indústria petrolífera e pelo setor de serviços. Antes de 1.990, somente 25% da população daquele país eram kuwaitianos nativos. A densidade demográfica total do Kuwait é de 146 habitantes/km².

A terceira parte da população daquele país está concentrada na grande região metropolitana que surgiu em volta da capital (Al-Kuwait), a outra terça parte habita as cidades petrolíferas do litoral e o restante do povo vive em pequenos centros urbanos do centro e do sudeste do país. O Kuwait possui uma das maiores rendas per capita do mundo e a população economicamente ativa mal ultrapassa os 10%.

A população do Kuwait, segundo dados de 2.007, soma 2.596.799 habitantes e a distribuição por idades se dá da seguinte forma: 0 a 14 anos, 26,6% (351,057 homens e 338.634 mulheres), 15 a 64 anos, 70,6% (1.172.460 homens e 659.927 mulheres) e acima de 65 anos, 2,9% (46.770 homens e 27.951 mulheres). A taxa de crescimento da população kuwaitiana foi de 3,59%.

A distribuição, de acordo com o sexo, ocorre da seguinte maneira: no nascimento, 1,04 homens/mulher; menores de 15 anos, 1,04 homens/mulher; de 15 a 64 anos, 1,78 homens/mulher e 65 anos ou mais, 1,67 homens/mulher. Portanto, na população total a distribuição total é de 1,53 homens/mulher.

Para cada 1.000 habitantes, a taxa de nascimento foi de 21,9, a de mortalidade foi de 2,37. A taxa total de mortalidade infantil foi de 9,22, sendo que 10,2 para os homens e 8,21 para as mulheres. A expectativa de vida ao nascer é de 77,53 anos (76,38 para os homens e 78,73 para as mulheres). A taxa de fertilidade é de 2,81 crianças por mulher.

O islamismo é a religião predominante no Kuwait e a grande maior parte do povo é sunita. O idioma oficial é o árabe, mas o inglês também está bastante difundido. Em 1.981, foi criada uma lei que limita a obtenção da cidadania kuwaitiana somente a quem professa a religião islâmica.

Devido aos grandes recursos investidos, o Kuwait tem uma população muito bem formada (talvez a melhor formada na região do golfo pérsico) a educação é gratuita e obrigatória.

Arquivado em: Demografia, Kuwait