População do Paquistão

A composição étnica do Paquistão é muito complexa e variada. Sobre a base predominante da etnia indoeuropéia, há descendentes de persas, gregos, hunos, arios, drávidas e árabes, no vale do rio Indo. Nas montanhas, existem turcos e mongóis. Nos últimos anos, houve um deslocamento de hindus para o território paquistanês.

De maneira geral, os grupos étnicos de maior relevância são os punjabi (48%), os sindhis (12%), pashtuns (8%) e baluchis (3%). Os muhajirs (muçulmanos que saíram da Índia quando o Paquistão separou-se do território indiano) somam 11%. Hoje, o Paquistão é o 6º país mais populoso do mundo.

A língua oficial é o urdu, mas é falado somente por 9% da população. As outras línguas são: punjabi, singhi, pashtun, baluchi, inglês (bem difundido) e uma série de outros dialetos. A religião islâmica é a oficial e praticada por 97% da população (80% sunitas e 17% xiitas) Depois do Irã, é no Paquistão que está localizada a maior população xiita do mundo. 1,6% são hindus e os restantes são cristãos, judeus e outras pequenas seitas.

Segundo dados de junho de 2.008, a população do Paquistão é de 167.762.040 habitantes. A distribuição da população, de acordo com a faixa etária se dá da seguinte forma: 0 a 14 anos, 36,3% (31.316.803 homens e 29.567.622 mulheres); 15 a 64 anos, 59,4% (51.000.863 homens e 48.648.480 mulheres) e acima de 65 anos, 4,3%, (3.409.246 homens e 3.819.026 mulheres). A densidade demográfica do Paquistão é de 215 habitantes/km².

A taxa de crescimento da população daquele país é de 1,805%. A cada mil habitantes, a taxa de nascimento é de 26,93, a de mortalidade, de 7,83 e a de mortalidade infantil (total) é de 66,95 mortes (67,05 para os homens e 66,85 para as mulheres). A expectativa de vida no nascimento (total) é de 64,13 anos (63,07 para os homens e 65,24 para as mulheres). A taxa de fertilidade é de 3,58 crianças por mulher.

A distribuição da população por sexo ocorre assim: no nascimento, 1,05 homens/mulher; menores de 15 anos 1,06 homens/mulher; 15 a 64 anos, 1,05homens/mulher e acima de 65 anos, 1,05 homens/mulher. A taxa de alfabetização total é de 49,9% (homens 63% e mulheres 36%).

Nas últimas décadas, cidades como Karachi, Lahore, Rawalpandi, Hyderabad, faisalabad, sukkur, Peshawar, Multan, viram surgir a classe média. No noroeste do Paquistão (na divisa com o Afeganistão) a população é extremamente conservadora e regida por seculares costumes tribais.

Arquivado em: Demografia, Paquistão