Exercícios - Ambientalismo

Lista de questões de vestibulares sobre Ambientalismo.
Ler artigo Ambientalismo.

Exercício 1: (UFPB 2008)

A maneira como a humanidade enxerga-se e relaciona-se com a natureza é fruto do momento histórico em que vive. Pode-se compreender, portanto, que, em diferentes tempos e espaços, são configuradas inúmeras formas de se perceber a natureza e de com ela se relacionar. Os movimentos ecológicos dos países industrializados ocidentais passaram por diversas fases desde que se iniciaram. Nesse sentido, em relação às fases por que passaram os movimentos ecológicos, é correto afirmar:


Exercício 2: (Enem 2015)

A questão ambiental, uma das principais pautas contemporâneas, possibilitou o surgimento de concepções políticas diversas, dentre as quais se destaca a preservação ambiental, que sugere uma ideia de intocabilidade da natureza e impede o seu aproveitamento econômico sob qualquer justificativa.
PORTO-GONÇALVES, C. W. A globalização da natureza e a natureza da globalização. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2006 (adaptado).

Considerando as atuais concepções políticas sobre a questão ambiental, a dinâmica caracterizada no texto quanto à proteção do meio ambiente está baseada na:


Exercício 3: (Unespar 2015)

No Tocante as discussões ambientais globais, regionais e locais, tem-se que:

I - Na composição da construção espacial geográfica das cidades, devem ser levados em consideração itens como localização, clima, hidrografia, vegetação, solo e geologia, quando em análise dos fatores dos impactos ambientais que ocorrem. Com o crescimento das populações, fica cada vez mais obvio que os seres humanos tendem a enfrentar estes problemas ambientais que ficam cada vez mais concentrados e em maiores proporções, como a poluição do ar, água, solo, a inversão térmica, ilha de calor, efeito estufa e as chuvas ácidas nas cidades.
II - No Brasil, principalmente nos espaços urbanos chamados de cidades, os principais problemas ambientais estão relacionados à produção de resíduos, pois as políticas públicas de reciclagem por parte dos órgãos competentes competem com o descaso e a falta de educação e consciência de parte da população, que acumulam diariamente toneladas a toneladas destes resíduos que acabam por serem depositados em ruas, praças, parques, terrenos baldios ou lugares impróprios. Por sua vez, acabam sendo canalizados para os rios em dias de chuva, gerando problemas da ordem econômica em primeira instância com as enchentes e enxurradas que destroem o patrimônio publico e privado, e da ordem saúde e meio ambiente em um segundo momento, com a proliferação de doenças principalmente pela contaminação da água.

As afirmações I e II estão: