5 dicas para fazer o TCC

MBA em Comunicação Corporativa (Anhembi Morumbi, 2009)
Graduada em Fonoaudiologia (PUC-SP, 2005)

A maioria dos cursos de graduação exige o Trabalho de Conclusão de Curso, o famoso TCC, para que o aluno encerre o ciclo e possa, finalmente, receber o diploma universitário e dar início à sua vida profissional.

O TCC causa muita ansiedade nos alunos, já que é, sem dúvidas, um dos momentos mais importantes do curso. Depois de se dedicarem por um ano (ou até mais), os estudantes devem apresentar o trabalho para uma banca examinadora, que avalia tanto a parte escrita quanto a exposição oral.

Com algumas atitudes, fazer e apresentar o TCC pode ser bem mais agradável do que os estudantes imaginam. Pensando nisso, separamos 5 dicas para todos aqueles que estão vivendo (ou viverão) essa experiência!

1. Escolha um tema pelo qual você realmente se interessa

Algumas pessoas dizem que escolher um tema de TCC é como escolher uma música para ser o toque do despertador do celular: se você optar por alguma que gosta muito, acabará deixando de gostar com o passar do tempo.

Em outras palavras, segundo essa teoria, não é uma boa ideia escolher um assunto que você ama para ser estudado no TCC, já que, por ter que ler e falar sobre ele durante muito tempo, você pode acabar perdendo o encanto.

Na maioria das vezes, isso é um grande mito! Justamente pelo tempo extenso que um TCC demanda, escolher um assunto com o qual você tem afinidade certamente é a melhor opção. Se estudar algo que gostamos já é difícil, dedicar nossas horas a algum assunto que não nos interessa é mil vezes pior.

Por isso, escolha um assunto que te faça pulsar. As chances do seu TCC sair excelente serão muito maiores!

2. Reflita antes de escolher um TCC em grupo

Trabalhos em grupo podem ser bem difíceis, por isso, antes de decidir fazer seu TCC junto com outros colegas, reflita bastante e pese os prós e os contras para não ter nenhum arrependimento no futuro.

Se você optar pelo TCC em equipe, estará assumindo um trabalho em grupo por muitos meses. Além de lidar com a necessidade de encontrar horários acessíveis para reuniões, terá que aprender a conviver com diferentes formas de pensar, de escrever e de agir.

É claro que os trabalhos em grupo têm inúmeros pontos positivos, como dividir a enorme carga de tarefas e passar pelo processo de escrita de uma forma menos solitária. Além de, claro, evitar o medo de se apresentar sozinho durante a banca.

Se, depois de pensar bastante, você chegar à conclusão de que o TCC em grupo é a melhor opção, assegure-se de dividi-lo com colegas com os quais você tenha afinidade!

3. Monte um cronograma

Seja um TCC em grupo ou individual, é muito importante definir metas, prazos e tarefas. Nem sempre os orientadores fazem isso com o aluno, então vale a pena montar você mesmo o seu cronograma!

O TCC tem a particularidade de ser muito mais livre que os outros trabalhos da faculdade. É o aluno quem escolhe o tema, a forma como apresentar e, respeitando certos limites, quando irá apresentar.

Junto a essa liberdade maior, também vem a necessidade de ter atenção redobrada com a organização, evitando a tendência natural de deixar para última hora.

4. Dê importância para a exposição oral

Um erro muito comum que os estudantes cometem ao fazer o TCC é deixar para pensar na exposição oral às vésperas da banca. Em algumas faculdades brasileiras, o peso da exposição oral na hora de pontuar é igual ou até superior ao do trabalho escrito.

Reserve um tempo considerável para pensar na sua banca, planeje com antecedência o que você quer dizer e pratique a sua exposição. Se optar por usar slides, escreva-os com antecedência, revise a ortografia e garanta que eles sejam, de fato, interessantes!

Uma boa ideia é montar um roteiro com a sua apresentação, utilizando palavras-chaves para cada tópico que será abordado. Dessa forma, além de não se perder na sua própria fala, você garante que tudo esteja claro.

5. Defina qual é o objetivo do seu TCC

Sabemos que o TCC é necessário para que os alunos concluam a graduação. Logo, alguns dos objetivos inegáveis desses trabalhos são, obviamente, a aprovação e a conclusão do curso.

No entanto, na hora de escrever e apresentar o seu TCC, você deve ter outros objetivos, que, a longo prazo, serão até mesmo mais importantes que a nota com a qual você e seu trabalho serão avaliados.

Se o seu TCC é um produto, como um livro, por exemplo, tenha claro o que você quer ao escrever esse livro: é contar para as pessoas uma história interessante? É falar sobre um assunto novo?

Seja qual for o seu curso e o seu tema, o seu TCC pode virar algo muito maior do que apenas um trabalho da faculdade. Ele pode ser, inclusive, uma porta para o mercado de trabalho. Por isso, defina seu objetivo e faça o seu melhor para alcançá-lo!

Arquivado em: Educação