EAD e o perfil do aluno on-line

Ouça este artigo:

Por Saimo Ferreira de Souza
Tutor Externo da UNIASSELVI. Especialista em EAD: gestão e tutoria.

Sabemos que desde que foram criados os meios de comunicações como o rádio, televisão, jornais e revistas, adentremos em cenários antes não vistos, esses meios de comunicações trouxeram informações, conteúdos e muitos outros assuntos. É notória que assim como a história sofreu suas modificações tendo seus impactos e contribuições em todos os pontos e áreas, não seria diferente com a educação e o seu modelo de ensino, temos modelos que vão desde o tradicional até o tecnicista, o processo de ensino e aprendizagem se dá por um conjunto de fatores que se ligam, entrelaçam-se, o mesmo começa pela infância e sendo quase que impossível podermos dizer quando termina, pois se dá por vários caminhos, diversos fatores e podemos afirmar que por inúmeras contribuições na vida social, pessoal e profissional. Ainda nesse conjunto de mudanças na educação, podemos citar como uma das que muitas têm contribuído no processo de ensino aprendizagem qual é a educação à distância (EAD), sabemos que são necessárias políticas educacionais e uma equipe altamente qualificada e envolvida com as mudanças tecnológicas para que esse ensino dê certo, levando em consideração que o perfil do aluno nesse contexto também se modifica.

Temos notado que o ensino de graduação a distância tem aumentado consideravelmente nos últimos anos, nesse contexto percebemos que há uma necessidade de um direcionamento para o mercado de trabalho, tendo em vista que todo o contato com o aluno e professor nesse processo se dá pelas tecnologias existentes, temos nessa modalidade uma figura muito importante qual conhecemos como tutor que faz a mediação do alunado com o conteúdo, com o professor e com a instituição que os mesmos fazem parte, mas devemos levar em consideração que nesse modelo de ensino o aluno deve possuir autodisciplina para poder ter êxito em sua formação. Logo abaixo traçaremos o perfil do estudante do ensino a distância.

Perfil do aluno na educação a distância

Traçar o perfil do estudante no ensino a distância não é uma tarefa tão fácil, porém, para que o mesmo seja bem sucedido, daremos aqui algumas dicas: a primeira de todas é o aluno ser independente, maduro, ser receptivo ao EAD, ser organizado, ter disciplina, ser critico, ser automotivado, ser curioso e sim, ser participativo. O aluno on-line precisa ser dono da sua própria história, precisa traçar metas, ter um cronograma e criar o hábito de acessar o seu ambiente virtual, participando de fóruns e atividades on-line. No livro perspectivas profissionais do professor Ebert ET. al (2017, p. 105) ele nos traz mais uma sequência de quatro perfil que o aluno digital tem que ter:

  1. deve ser capaz de se motivar;
  2. ser responsável pelo seu processo de aprendizagem (tendo seu ritmo de estudo, porém, deve acompanhar a turma e obedecer aos prazos estabelecidos);
  3. ser capaz de organizar seu tempo de estudo (demonstre autonomia na construção do seu conhecimento, sabendo identificar os temas sobre os quais tem maior domínio);
  4. seja capaz de interagir com os colegas (mantendo boas relações com tutores e professores, expondo seus anseios e buscando superar suas dificuldades).

Por fim, podemos concluir que de todas as atribuições citadas, talvez as principais e mais importante que o aluno virtual deve ter em seu perfil é a automotivação e a autodisciplina, pois vale ressaltar que para Azevedo (2009, p.27) "com a liberdade e a flexibilidade do ambiente online, vem à responsabilidade. Para acompanhar o processo online, exige-se um compromisso real e disciplina". O aluno virtual deve dedicar quantidade significativa de seu tempo semanal a seus estudos e não vê o curso como a maneira mais leve e fácil de obter créditos ou um diploma.

Referências:

AZEVEDO, D.R. O aluno virtual: Perfil e Motivação. Dissertação de Mestrado. Universidade do Sul de Santa Catarina, Florianópolis, 2007.

EBERT, Luis augusto; POSSAMAI, Cleide tirana Nunes; SIMON, Vanessa Silveira pereira. Perspectivas Profissionais. Indaial: UNIASSELVI, 2017.SANTOS, W. C. M. Papel do professor e do aluno na educação a distância. Caderno de Publicações Univag, n. 4, 2016.

Arquivado em: Educação, Pedagogia