Uma dica simples e rápida para potencializar sua memorização

Você quer memorizar mais os seus estudos? Quer lembrar do que estuda e conseguir melhores resultados em suas provas?

Então, leia este artigo até o final. Preparei uma dica simples e prática que vai aumentar sua memorização de qualquer conteúdo.

Antes de passar dica quero responder uma dúvida que sempre recebo e que o ajudará a entender como funciona melhor sua memória.

Foto: GaudiLab / Shutterstock.com

A memorização só acontece com a repetição?

Quero ser direto e já deixar claro, a repetição é a mãe da aprendizagem. Lembrando que quando você aprender algo, memoriza essa informação por completo e de maneira definitiva. É o andar de bicicleta, uma vez que aprende nunca mais esquece.

Então, você sempre precisará repetir. A questão é que essa repetição não precisa ser exatamente como decorar algo, pois, decorar é totalmente diferente de aprender. Se decorar algo saberá reproduzir a informação somente no contexto em que ela está.

Memorizar não é decorar

Quando era menor, minha mãe me fez decorar todos os estados e capitais. Sim, eu decorei, só que decorei na sequência em que estava no livro, mas quando alguém me perguntava fora da sequência eu ficava buscando a resposta e demorava para responder.

Ou seja, se você decora algo para uma prova, e na prova cai de uma maneira que exige de você raciocínio crítico sobre a informação, é bem provável que erre essa questão, afinal você decorou a informação somente naquele outro contexto.

Memorizar do jeito certo para aprender

Aprender é totalmente diferente, quando você aprender você envolve mais área do cérebro, utiliza seu raciocínio crítico e assim consegue compreender o assunto de maneira definitiva.

Se cair uma questão na prova exigindo aquele determinado assunto, terá muito mais êxito, pois a informação além de estar consolidada em sua memória consegue resgatá-la com mais facilidade.

Lembrando que memorização não é apenas memorizar algo, é também conseguir resgatar a informação corretamente.

Ok, então você já sabe que a memorização exige repetição, que aqui também pode ser entendia como a prática ou o contato com a informação constantemente. Agora como fazer para usar a repetição para estudar algo sem que isso se torne decorar.

O poder da prática e da revisão

A revisão na verdade é uma repetição da informação, por isso você precisa constantemente revisar algo.

Quando revisa um conteúdo de maneira sistemática seu cérebro é sinalizado que aquela informação merece ser armazenada, dai o conteúdo passa da memória de curto prazo para a memória de longo prazo, ou seja, sempre vai lembrar daquilo.

Já a prática é colocar seu cérebro para raciocinar sobre a informação facilitando sua memorização. Portanto, quando força seu cérebro para responder uma questão, escrever sobre determinado tema ou mesmo ensinar alguém, acelera o raciocino e torna seu aprendizado mais fortalecido.

E como isso fica na prática?

Sempre que terminar uma sessão de estudos, seja lendo um livro, apostila ou mesmo assistindo uma aula ou vídeo aula, deve colocar em prática.

Quem já me conhece sabe que sempre ao final dos meus artigos ou textos eu convido o leitor a colocar em prática, isso porque eu sei que o aprendizado só acontece quando ele é aliado com a prática.

Algumas estratégias podem ser utilizadas, como responder algumas perguntas, escrever sobre o que acabou de aprender ou mesmo ensinar alguém sobre o conteúdo.

Depois é só revisar o que estudou pelos próximos 30 dias. Ou seja, separe um dia para rever novamente aquilo que acabou de estudar, pode ser respondendo mais algumas perguntas sobre o tema ou escrevendo um pequeno resumo do que estudou, isso já serve.

Mantendo isso fluindo, vai lembrar sempre do que estudou.

Conclusão

Neste artigo apresento as informações necessárias para memorizar um conteúdo. Lembre-se da importância da prática e da revisão para manter a informação sempre “fresca” na memória.

O que você precisa fazer agora é colocar em prática e ir adaptando de acordo com sua rotina de estudos.

Arquivado em: Educação