Estruturas de Aço

O Aço é uma liga metálica constituída basicamente por carbono e ferro, com percentagens de carbono variando entre 0,008 e 2,11%. Existe um outro tipo de ligação metálica entre ferro e carbono, que é o ferro fundido, além de apresentar uma diferença na constituição química, onde o teor de carbono entre 2,11% e 6,67%. Existe ainda uma diferença básica entre ambos: o aço, é facilmente deformável por forja, laminação, extrusão devido a sua ductibilidade, enquanto uma peça em ferro fundido é consideravelmente frágil.

O carbono é o principal material constituinte no aço, contudo se faz presente o uso de outros elementos com propósitos específicos, tais quais: magnésio, cromo, vanádio e tungstênio.

As estruturas de metálicas apresentam indicadores de utilização em escala industrial a partir da última década do século XVIII, no Brasil se apresenta no início do século XIX, contudo o grande avanço na fabricação de perfis em larga escala ocorreu com a implantação de grandes siderúrgicas a exemplo da Companhia Siderúrgica Nacional – CSN, onde começou a operar em 1946. (1)

Com o avanço da indústria e do estudo de novos materiais e compósitos foi verificado que o aço (composição básica de ferro e carbono), apresentava um grande vantagem em relação a outras ligas quando aplicado na construção civil.

Principais vantagens e desvantagens do aço estrutural na construção civil:

Vantagens: Ao contrário do concreto que é moldado em função das formas, o aço estrutural já é solicitado com a exatidão do projeto. Em construções onde se necessita um retorno rápido do investimento, como hotéis por exemplo, a velocidade da construção é bem maior do quando realizado com concreto e por consequência o retorno financeiro também.

Desvantagens: Embora a utilização de peças metálicas proporcione velocidade na construção, se faz necessária a utilização de uma equipe técnica qualificada, pois caso hajam erros na execução, peças podem ficar perdidas ocasionando um custo consideravelmente maior. Outra preocupação com a utilização do aço é a sua corrosão, principalmente em áreas de litoral, onde se faz necessário um tratamento preventivo e  um cuidado permanente com os perfis metálicos utilizados nos sistema.

Com o avanço da qualificação técnica, a descoberta e o avanço de novas técnicas de utilização do aço, propiciou uma valorização das edificações, apresentando uma relação custo x benefício bastante vantajosa. Com tudo exposto, fica facilmente entendível a utilização de estruturas metálicas nas grandes cidades.

Referências Bibliográficas
(1) – FONSECA, Antônio Carlos da.; Estruturas Metálicas.

Arquivado em: Engenharia Civil