Moldávia

A República da Moldávia (Republica Moldova, em moldávio (romeno)) é um pequeno país sem saída para o mar, localizado no leste da Europa, e que faz fronteira com a Romênia a oeste e Ucrânia a norte, leste e sul. Produto da dissolução da União Soviética em 1991, o país é uma república parlamentarista, com presidente e primeiro-ministro dividindo as funções de poder. Seu território possui uma área total de 33.846 km², tamanho um pouco menor que o do estado do Rio de Janeiro. Com uma população de cerca de 3 milhões e 600 mil habitantes, a principal cidade e capital da Moldávia é Chisinau (730 mil habitantes).

A moeda local é o leu, e a língua oficial do país, apesar de formalmente denominada modávia, é na verdade a língua romena, com alguns regionalismos. Durante o período em que a Moldávia permaneceu sob domínio soviético, o idioma era escrito em alfabeto cirílico, o mesmo utilizado para a escrita do russo. Em 1989, pouco antes da independência, o moldávio novamente voltou a ser escrito em alfabeto latino, em um sistema bastante similar ao romeno. Assim, as línguas são praticamente idênticas e de fato, dois terços dos moldávios são de ascendência romena, e ambos os países compartilham uma herança cultural comum.

O moderno território da Moldávia é resultado da influência política e militar russa. Com exceção da bacia do Rio Dniestre (ou Transnístria, a pequena faixa de terra próximo à Ucrânia, e que fazia parte de seu território até a Segunda Guerra Mundial), a região restante era conhecida como Bessarábia, e estava ligada à Romênia. O pacto Molotov-Ribbentrop, o mesmo a dividir a Polônia entre russos e alemães, incluía ainda a Romênia, cuja área da Bessarábia ficou sob controle dos russos. Após a guerra, a Bessarábia foi unida à Transnístria, formando a República Socialista Soviética da Moldávia. Curiosamente, entre 1924 e 1940, já havia a República Socialista Soviética Autônoma da Moldávia, com quase nenhum elemento moldavo, praticamente formada por população ucraniana, mas que fora designada para futuramente incorporar áreas da Romênia, o que ocorreria em 1940.

O governo central soviético reprimiu com sucesso as diferenças regionais, pois a área da Transnístria, de cerca de 4 mil km² (pouco mais de um décimo do território moldávio) é ocupada por minorias russas e ucranianas. Com a independência da Moldávia, porém, o nacionalismo na área da Transnítria foi logo levantado, e quase de imediato uma república separatista se instalou na região, com dirigentes, capital e moeda própria, apesar de continuar durante esses 20 anos sendo reconhecida quase que exclusivamente pela Federação Russa. Por outro lado, um sentimento de reunificação da Moldávia com a Romênia é bastante palpável, e no futuro, não será surpresa se as duas nações se unirem sob um único governo.

Bibliografia:
Moldova country profile (em inglês). Disponível em: <http://news.bbc.co.uk/2/hi/europe/country_profiles/3038982.stm>. Acesso em: 26 ago. 2012.

Arquivado em: Europa