Clearance de Creatinina

O clearance de creatinina, ou a depuração de creatinina, trata-se de um teste utilizado para comparar o nível de creatinina encontrado na urina, com o nível encontrado na corrente sanguínea, auxiliando, desta forma, no estudo do funcionamento renal.

A creatinina consiste em um produto da degradação da fosfocreatina muscular, que costuma ser produzida pelo organismo em taxa constante. Quando há algum problema na função renal, os níveis de creatinina sanguíneo encontram-se elevados, uma vez que esta substância é removida do organismo pelos rins.

Para a realização do clearance de creatinina, é necessário colher amostras de urina (durante 24 horas) e de sangue, que são, por conseguinte, encaminhadas para um laboratório, no qual é verificado o nível de creatinina em ambas as amostras. Desta forma, a taxa de depuração é calculada, sendo o cálculo ajustado para o tamanho, idade e sexo de cada indivíduo.

Níveis alterados de creatinina podem indicar:

  • Necrose tubular aguda;
  • Obstrução do canal da bexiga;
  • Desidratação;
  • Insuficiência cardíaca congestiva;
  • Estágio final da doença renal;
  • Glomerulonefrite;
  • Insuficiência renal;
  • Isquemia renal;
  • Obstrução do fluxo renal;
  • Choque.

Alguns fatores podem interferir na precisão do teste, como a colheita incompleta da urina, gestação, exercício intenso e uso de certos fármacos, como cimetidina, trimetoprim e cefalosporinas.

Fontes:
http://www.labtestsonline.org.br/understanding/analytes/creatinine-clearance/tab/test
http://www.tuasaude.com/clearance-de-creatina/

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Exames Médicos