Questões da prova UERJ 2018 1º Exame

Selecionamos as questões mais relevantes da prova de vestibular UERJ 2018 1º Exame. Confira!
* Obs.: a ordem e número das questões aqui não são iguais às da prova original.

Questão 11:

A composição assimétrica da membrana plasmática possibilita alguns processos fundamentais para o funcionamento celular.
Um processo associado diretamente à estrutura assimétrica da membrana plasmática é:


Questão 12:

Ao longo do texto, são mencionadas teorias que partem do princípio da unificação das forças da natureza.

Em relação a essas teorias, Marcelo Gleiser apresenta, no último parágrafo, uma atitude de:


Questão 13:

Na charge, o personagem formula uma pergunta cuja resposta está sugerida pela imagem refletida no espelho.

A partir dos elementos contidos na imagem, trata-se de uma resposta que expressa o seguinte posicionamento:


Questão 14:

Ocorre que o poder do espelho – esse de vidro e aço pendurado na parede (l. 12)
O fragmento introduzido pelo travessão especifica o sentido de espelho.

Além da função de especificar o sentido de uma palavra, esse fragmento também cumpre, no parágrafo, o papel de:


Questão 15:

o espelho do humano é, antes de mais nada, o olhar do semelhante. (l. 15)

No trecho, a expressão sublinhada enfatiza uma ideia, tal como se observa em:


Questão 16:

É que o rosto não se reduz à dimensão da imagem: ele é a própria presentificação de um ser humano, em sua singularidade irrecusável. (l. 18-20)

Em relação à declaração feita antes dos dois-pontos, o trecho sublinhado possui valor de:


Questão 17:

A literatura pode nos ajudar a amenizar o drama da paciente francesa. (l. 22)

No penúltimo parágrafo, a história do personagem citado pela autora reforça a seguinte tese central do texto:


Questão 18:

Esta questão refere-se ao conto “A terceira margem do rio”, do livro Primeiras estórias, de João Guimarães Rosa.

Considere a hipótese de que o título “A terceira margem do rio” se refere também à própria ficção, que se desenvolve entre duas margens: a da realidade e a da imaginação.

O trecho do conto que melhor comprova essa hipótese de leitura é:


Questão 19:

Esta questão refere-se ao conto “A terceira margem do rio”, do livro Primeiras estórias, de João Guimarães Rosa.

O conto constrói uma alegoria, ou seja, uma metáfora ampliada que o organiza.

Esse aspecto alegórico é reforçado pelo modo de identificação dos personagens, o que se faz por meio de:


Questão 20:

Esta questão refere-se ao conto “A terceira margem do rio”, do livro Primeiras estórias, de João Guimarães Rosa.

Guimarães Rosa afirmou, em uma entrevista, que somente renovando a língua é que se pode renovar o mundo. Visando a essa renovação, recorria a neologismos e inversões pouco usuais de termos, explorando novos sentidos em seus textos.

Um exemplo dessas inversões encontra-se em:


Páginas: 1 [2] 3 4 5 6