Clorodiazepóxido

O clorodiazepóxido, também chamado de clordiazepóxido, é uma substância que possui propriedades anestésicas, ansiolíticas, hipnóticas e relaxantes, que atua no sistema nervoso central.

Este medicamento é derivado da benzodiazepina. Sua meia-vida varia de média a longa; contudo seu metabólito ativo apresenta uma meia-vida altamente longa.

O uso deste medicamento é indicado em casos de perturbações da ansiedade e sintomas ansiosos, utilizado como auxiliar no tratamento da síndrome da abstinência alcoólica, além de ser utilizado também como pré-anestésico.

O uso de crônico deste fármaco pode resultar no desenvolvimento de tolerância, fator que reduz a eficiência do clorodiazepóxido, evidenciando pouco benefício no tratamento de longo prazo da insônia. Quando se trata do tratamento da ansiedade, este medicamento perde a eficácia após 4 meses de uso seguido.

O clorodiazepóxido pode levar à dependência física, vício e síndrome de abstinência, sendo que as manifestações clínicas desta última são similares às ocorridas em casos de suspensão de consumo de álcool e barbitúricos. As chances do surgimento dos sintomas de abstinência tornam-se maiores nos casos de uso de altas doses do fármaco. Todavia, esses sintomas também podem surgir em casos de uso de dose padrão e a curto prazo.

Dentre outras reações adversas que o clorodiazepóxido pode causar, encontram-se:

  • Sonolência;
  • Descoordenação motora;
  • Problemas gastrointestinais, como constipação, diarréia e vômitos;
  • Mudanças no apetite;
  • Alterações visuais;
  • Problemas cardiovasculares;
  • Alteração da memória;
  • Confusão;
  • Desmaios;
  • Depressão;
  • Vertigem.

Assim como outros medicamentos, o uso clorodiazepóxido também necessita de certas precauções, além de possuir algumas contra-indicações, como:

  • Uso de doses reduzidas em indivíduos idosos;
  • Portadores de miastenia gravis, com insuficiência respiratória ou apnéia do sono, devem usar este fármaco com cautela;
  • Pacientes de porfiria não devem consumir este medicamento;
  • É contra-indicado também para gestantes, lactentes e crianças com menos de 6 anos de idade.

O clorodiazepóxido deve ser tomado antes das refeições e antes de dormir, sendo que as doses variam de 5 a 30 mg, podendo atingir a dose de até 100 mg, dividida em 3 a 4 vezes ao dia.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Clorodiazep%C3%B3xido
http://www.portaleducacao.com.br/farmacia/artigos/49/clordiazepoxido
http://www.tuasaude.com/clordiazepoxido-psicosedin/

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Farmacologia