Jean-Yves Leloup

Doutorado em andamento em Filosofia (UERJ, 2018)
Mestre em Filosofia (UERJ, 2017)
Graduado em Filosofia (UERJ, 2015)

Sempre abrir.

Nascido em 24 de Janeiro de 1950 em Angers, pequena cidade a oesta da França, Jean-Yves Leloup é um teólogo, filósofo, terapeuta transpessoal, escritor e padre da Igreja Ortodoxa Grega. Tendo escrito livros como Enraizamento e Abertura, Cuidar do Ser, O absurdo e a graça e Um absurdo e luminoso silêncio – a Teologia Mística de Dionísio o Areopagita, seu pensamento dedica-se essencialmente à temática da espiritualidade cristã, mantendo diálogo com outras tradições religiosas como, por exemplo, o budismo. Em suas obras, trata sobre meditação e oração, sobre o amor, a paz, a morte e sobre as lições que podem ser aprendidas de elementos da tradição cristã oriental que são comumente esquecidos pela tradição ocidental, como o ensino dos antigos padres gregos e do Hesicasmo, uma tradição milenar que ensina a meditação e a oração no cristianismo. É fundador do Instituto para o encontro e estudo das civilizações e do Colégio Internacional dos Terapeutas.

O pensamento de Jean-Yves Leloup é inseparável de sua biografia. Sendo criado em um ambiente ateu, onde se acreditava que tudo o que existia era o mundo material e que nada havia depois da morte, Leloup, foi diagnosticado com morte cerebral através de uma ressonância magnética. Leloup relata que, durante sua morte física, viu-se fora de seu corpo e olhando para ele e que visitou um lugar onde tudo era silencioso e considera que talvez fosse assimdevido a não ter tido nenhuma educação religiosa. Assim, Leloup concluiu que a consciência podia habitar fora do corpo.

Por causa dessa experiência de quase morte, Leloup foi estudar filosofia em busca de respostas para o que lhe havia acontecido. Em uma viagem a Istambul, começou a perceber os ícones de Jesus e Buda, pintados em igrejas e mesquitas. Aí, questionava-se sobre Jesus Cristo e sobre sua singular característica de, de acordo com a tradição cristã, ser a síntese perfeita entre o divino e o humano, o tempo e a eternidade e que, ao mesmo tempo, é compaixão, paz, lucidez e completude. Encontrou então, ainda em Istambul, um lugar pertencente à Igreja Grega, onde teve contato com um padre ortodoxo que o enviou para o Monte Athos, onde Leloup afirma ter, finalmente, encontrado o cristianismo.

O pensamento de Jean-Yves Leloup é poético, universalista e multidimensional. De acordo com Marie de Solemne, estudiosa de sua obra, a força das palavras de Leloup vem de que elas são sistematicamente informadas de uma só vez por três modos de reflexão, a saber, a filosófica, a psicanalítica e a espiritual. Por sua característica universalista, o pensamento de Leloup aceita pressupostos da astrologia, afirmando que o ser humano é uma parte do universo e que, portanto, é dependente dos astros. Assim, Leloup acredita que o ser humano é uma mistura de natureza e aventura, de modo a não ser radicalmente determinado pelos astros, o que o faz negar qualquer forma de determinismo.

Um de seus temas recorrentes é o deserto, que simboliza o silêncio de onde vem e para onde volta a palavra e o vazio de onde vem o mundo e para onde ele volta. Nele, entramos em contato com a origem de todas as formas. Acredita que a ressurreição é algo possível, mas que o objetivo do ser humano deve ser a ressurreição. Ao ser perguntado sobre Deus, afirma que sua imagem é a imagem que cada um tem de Deus é de acordo com cada experiência em particular, de modo que cada um tem sua religião de acordo com seu nível de consciência. Assim, a imagem de Deus pode mudar para cada indivíduo de acordo com o desenvolvimento de sua maturidade.

Referências:

JEAN-YVES LELOUP. Disponível em: http://port.jeanyvesleloup.eu. Acesso em: 28 de jan. 2020.

SEGREDO DOS MESTRES. Deus e a Experiência de quase-morte – Entrevista com Jean-Yves Leloup. Disponível em: https://youtu.be/mKb_7IlgVVM. Acesso em: 28 de jan. 2020.

UNIPAZ PERNAMBUCO. Entrevista com Jean-Yves Leloup. Disponível em: http://www.unipazrecife.org.br/Textos%20Site/Entrevista%20com%20Jean%20Yves.htm. Acesso em: 28 de jan. 2020.

WIKIPEDIA. Jean-Yves Leloup. Disponível em: https://fr.wikipedia.org/wiki/Jean-Yves_Leloup. Acesso em: 28 de jan. 2020.