Jean-Yves Leloup

Doutorado em andamento em Filosofia (UERJ, 2018)
Mestre em Filosofia (UERJ, 2017)
Graduado em Filosofia (UERJ, 2015)

Nascido em 24 de Janeiro de 1950 em Angers, pequena cidade a oesta da França, Jean-Yves Leloup é um teólogo, filósofo, terapeuta transpessoal, escritor e padre da Igreja Ortodoxa Grega. Tendo escrito livros como Enraizamento e Abertura, Cuidar do Ser, O absurdo e a graça e Um absurdo e luminoso silêncio – a Teologia Mística de Dionísio o Areopagita, seu pensamento dedica-se essencialmente à temática da espiritualidade cristã, mantendo diálogo com outras tradições religiosas como, por exemplo, o budismo. Em suas obras, trata sobre meditação e oração, sobre o amor, a paz, a morte e sobre as lições que podem ser aprendidas de elementos da tradição cristã oriental que são comumente esquecidos pela tradição ocidental, como o ensino dos antigos padres gregos e do Hesicasmo, uma tradição milenar que ensina a meditação e a oração no cristianismo. É fundador do Instituto para o encontro e estudo das civilizações e do Colégio Internacional dos Terapeutas.

O pensamento de Jean-Yves Leloup é inseparável de sua biografia. Sendo criado em um ambiente ateu, onde se acreditava que tudo o que existia era o mundo material e que nada havia depois da morte, Leloup, foi diagnosticado com morte cerebral através de uma ressonância magnética. Leloup relata que, durante sua morte física, viu-se fora de seu corpo e olhando para ele e que visitou um lugar onde tudo era silencioso e considera que talvez fosse assimdevido a não ter tido nenhuma educação religiosa. Assim, Leloup concluiu que a consciência podia habitar fora do corpo.

Por causa dessa experiência de quase morte, Leloup foi estudar filosofia em busca de respostas para o que lhe havia acontecido. Em uma viagem a Istambul, começou a perceber os ícones de Jesus e Buda, pintados em igrejas e mesquitas. Aí, questionava-se sobre Jesus Cristo e sobre sua singular característica de, de acordo com a tradição cristã, ser a síntese perfeita entre o divino e o humano, o tempo e a eternidade e que, ao mesmo tempo, é compaixão, paz, lucidez e completude. Encontrou então, ainda em Istambul, um lugar pertencente à Igreja Grega, onde teve contato com um padre ortodoxo que o enviou para o Monte Athos, onde Leloup afirma ter, finalmente, encontrado o cristianismo.

O pensamento de Jean-Yves Leloup é poético, universalista e multidimensional. De acordo com Marie de Solemne, estudiosa de sua obra, a força das palavras de Leloup vem de que elas são sistematicamente informadas de uma só vez por três modos de reflexão, a saber, a filosófica, a psicanalítica e a espiritual. Por sua característica universalista, o pensamento de Leloup aceita pressupostos da astrologia, afirmando que o ser humano é uma parte do universo e que, portanto, é dependente dos astros. Assim, Leloup acredita que o ser humano é uma mistura de natureza e aventura, de modo a não ser radicalmente determinado pelos astros, o que o faz negar qualquer forma de determinismo.

Um de seus temas recorrentes é o deserto, que simboliza o silêncio de onde vem e para onde volta a palavra e o vazio de onde vem o mundo e para onde ele volta. Nele, entramos em contato com a origem de todas as formas. Acredita que a ressurreição é algo possível, mas que o objetivo do ser humano deve ser a ressurreição. Ao ser perguntado sobre Deus, afirma que sua imagem é a imagem que cada um tem de Deus é de acordo com cada experiência em particular, de modo que cada um tem sua religião de acordo com seu nível de consciência. Assim, a imagem de Deus pode mudar para cada indivíduo de acordo com o desenvolvimento de sua maturidade.

Referências:

JEAN-YVES LELOUP. Disponível em: http://port.jeanyvesleloup.eu. Acesso em: 28 de jan. 2020.

SEGREDO DOS MESTRES. Deus e a Experiência de quase-morte – Entrevista com Jean-Yves Leloup. Disponível em: https://youtu.be/mKb_7IlgVVM. Acesso em: 28 de jan. 2020.

UNIPAZ PERNAMBUCO. Entrevista com Jean-Yves Leloup. Disponível em: http://www.unipazrecife.org.br/Textos%20Site/Entrevista%20com%20Jean%20Yves.htm. Acesso em: 28 de jan. 2020.

WIKIPEDIA. Jean-Yves Leloup. Disponível em: https://fr.wikipedia.org/wiki/Jean-Yves_Leloup. Acesso em: 28 de jan. 2020.