Exposição

A fotografia depende da luz, ou seja, a câmera só consegue captar aquilo que reflete algum tipo de luz, por isso é tão importante compreender o conceito de EXPOSIÇÃO.

Para facilitar o cálculo da quantidade de luz necessária para iluminar determinada cena, foi criada a Escala de Valor de Exposição, que expressa os níveis de exposição de uma cena à luz, através de valores determinados. Por padrão considera-se como base o ISO 100, e cada degrau desta escala tem o dobro do valor do degrau anterior. Sendo assim, de EV4 para EV5 a exposição dobra, e de EV8 para EV7 ela diminui pela metade.

O objetivo desta escala de valor de exposição é ajudar o fotógrafo a prever que configuração sua câmera precisará ter para alcançar a exposição correta da cena. Entenda melhor observando-a abaixo:

exposicao

A exposição é a quantidade de luz que o sensor da câmera recebe em uma fotografia. Quanto maior o tempo de exposição, mais luz será captada e mais clara ficará a cena, e vice-versa. Caso a exposição seja calculada de maneira errada e o sensor capte muita luz, diz-se comumente que a foto está “estourada” ou super-exposta, com muitas áreas brancas, o que antigamente denominava-se foto “queimada”.         Já em caso contrário, a foto pode ficar “subexposta”, escura, sem luz suficiente, e portanto com muitas áreas pretas. Uma foto com boa exposição é aquela que valoriza as cores e os detalhes da cena.

Os três fatores que influenciam na exposição são:

TEMPO DE EXPOSIÇÃO - é o tempo que o obturador da câmera passa aberto, permitindo que o sensor capte a luz. Quanto maior o tempo, mais luz será captada, mas para fotos de objetos em movimento este tempo deve ser o mínimo possível, pois caso contrário a foto ficará “tremida”.

ABERTURA DO DIAFRAGMA - Quanto mais aberto o diafragma estiver no momento da foto, mais luz passará por ele e chegará ao sensor, e quanto menos aberto, menos luz passará, e mais escura a foto ficará. Em situações de boa iluminação, pode-se fotografar com pequenas aberturas do diafragma.

SENSIBILIDADE DO SENSOR (ISO) - É o recurso de compensação de luz da câmera. A desvantagem deste recurso é que quando se utiliza um valor ISO muito alto, a foto acaba ficando com ruídos nas partes escuras, e perdendo a qualidade.

Vale lembrar que estes três fatores se influenciam mutuamente, interferindo no resultado final da exposição. Ou seja, se a abertura do diafragma estiver grande, então pode-se diminuir o tempo da abertura do obturador, ou se o valor ISO estiver alto, pode-se trabalhar com aberturas menores, etc. Configurando a câmera de diferentes maneiras, pode-se obter diferentes resultados.

Fontes:
http://www.efotospt.com/index.php/content/view/33/30/velocidade-do-obturador/
http://pt.kioskea.net/faq/9613-principios-basicos-da-exposicao
http://wwwbr.kodak.com/BR/pt/consumer/fotografia_digital_classica/para_uma_boa_foto/curso_fotografia/fotografia_tradicional/como_usar_sua_camera/exposicao_luz.shtml?primeiro=1
http://www.caleo.com.br/files/foto_exposicao.pdf
http://fotografiafacil.blogspot.com.br/2010/10/valores-de-exposicao-resposta.html
http://ffotografia.wikispaces.com/Exposi%C3%A7%C3%A3o
http://pt.wikipedia.org/wiki/Valor_de_exposi%C3%A7%C3%A3o
http://www.tudosobrefotografar.com/2009/06/valor-de-exposicao.html

Arquivado em: Fotografia