Adjetivos com valor de Advérbios

Alguns adjetivos curtos da língua francesa, freqüentemente monossilábicos, podem acompanhar um verbo e tornar-se advérbios, sendo assim invariáveis. Eles constituem com este verbo que acompanham, tipos de locuções: “avoir froid, avoir chaud, avoir peur...” (estar com frio, estar com calos, estar com medo) etc.

* Comparemos:

1. Les gâteaux sont bons, ils sont délicieux (Os bolos estão bons, eles estão deliciosos) ;

1A. Les gâteaux sentent bon (Os bolos cheiram bem).

2. Cette jupe est trop chère (Esta saia é muito cara);

2A. Cette jupe coûte trop cher (Esta saia custa muito caro).

3. L’eau est claire, on voit le fond (A água é clara, vê-se o fundo);

3A. Je vois clair maintenant (Eu vejo claro agora).

A tais advérbios derivados de adjetivos correspondem advérbios em “-ment” mas que são utilizados com um sentido diferente.

Ex: Il chante faux (ele canta falso = ele não canta a nota justa);

Il a été accusé faussement (ele foi acusado falsamente).

Ex: Il a vu juste (ele tem razão);

Il chante juste (contrario de “Il chante faux);

Paul? Justement le voilà (Paul ? Precisamente ele aqui).

! – Não confunda « vite » e « rapide ». Vite (rapidamente) é um advérbio, que corresponde a “rapidement”, e não um adjetivo, como “rapide” (rápido/a).

Inversamente, alguns advérbios bastante freqüentes são utilizados às vezes como adjetivo, e mesmo assim continuam invariáveis. Exemplos:

1. Les professeurs sont debout devant les élèves (Os professores estão de pé diante dos alunos) ;

2. Les amis sont restés ensemble toute la semaine (Os amigos ficaram junto(s) a semana inteira) ;

3. Ce n’est pas la peine de crier, les voleurs sont loin maintenant (Não vale a pena gritar, os ladrões estão longe agora) ;

4. C’est très bien (É muito satisfatório) ;

5. Cet homme est encore bien pour son âge (Este homem ainda está bem (bonito) para sua idade);

6. Cette chanson n’est pas mal (Esta canção não é ruim).

Arquivado em: Francês