Repetição ou supressão da preposição

> Em geral, as preposições À, DE e EN são repetidas diante de cada complemento.

Ex: J’ai voyagé en Orient et en Occident. (Eu viajei ao Oriente e ao Ocidente);

Ex: Ma mère ira à Paris, à Lyon, à Marseille, à Toulouse et à Bordeaux (Minha mãe irá a Paris, a Lyon, a Marseille, a Toulouse e a Bordeaux).

* Porém existem algumas exceções a esta regra, como:

- nas expressões fixas:

Ex: Tu jugeras en ton âme et conscience. (Você julgara na (com a) sua alma e consciência).

- em uma enumeração que forma um total, um tudo:

Ex: L’immeuble est composé de deux lofts, dix appartementes et vingt studios (O imóvel é composto de dois lofts, dez apartamentos e vinte estúdios).

- quando os adjetivos numerais são coordenados por OU:

Ex: La tour Eiffel s’élève à 300 ou 350 mètres, je ne sais plus. (A torre Eiffel se eleva a 300 ou 350 metros, eu não sei mais).

> A repetição das preposições não é obrigatória quando os complementos são idênticos.

* Pode-se dizer tanto de uma forma quanto de outra:

Ex: Elle est connue pour son humour et sa politesse / Elle est connue pour son humour et pour sa politesse. (Ela é conhecida pelo seu humor e sua educação / ela é conhecida pelo seu humor e pela sua educação);

Ex: Je me suis arreté à la boucherie, la boulangerie, la librairie et la pharmacie avant de rentrer chez moi / Je me suis arreté à la boucherie, à la boulangerie, à la librairie et à la pharmacie avant de rentrer chez moi. (Eu parei no açougue, padaria, livraria e farmácia antes de voltar para casa / eu parei no açougue, na padaria, na livraria e na farmácia antes de voltar para casa).

* Mas deve-se repetir obrigatoriamente a preposição quando ela introduz complementos tendo gêneros diferentes.

Ex: Je me suis arreté à la boucherie, la boulangerie et au bureau avant de rentrer chez moi. (Eu parei no açougue, padaria e no escritório antes de voltar pra casa).

> A repetição da preposição é às vezes uma forma de insistência que permite colocar em evidência cada complemento.

Ex: M. Dubosc a téléphoné à toute sa famille : à sa mère, à sa femme, à son père, à ses enfants. Il a vraiment téléphoné à tout le monde. (M. Dubosc telefonou para toda sua família: para sua mãe, para sua esposa, para seu pai, para seus filhos. Ele realmente telefonou para todo mundo).

! – Na língua oral, a supressão da preposição é cada vez mais freqüente, bem como a criação de expressões fixas como:

- “Parler politique” (falar de política) em vez de “Parler de politique”.

Arquivado em: Francês