Grande Canal da China

O Grande Canal da China, conhecido também como Grande Canal Jing-Han, é o rio artificial mais antigo do mundo. O projeto foi iniciado no fim do período “Primaveras e Outonos” quando Fu Chai, soberano do estado de Wu, efetuou uma série de expedições de conquistas aos reinos do Norte. Assim, ordenou então a construção do denominado até então “Hão Gou” para facilitar os transportes de militares. Posteriormente o canal foi alongado pela Dinastia Sui (581-618) e mais tarde pela Dinastia Yuan (1206-1368), o que acabou por ser conhecida como O Grande Canal.

Grande Canal da China. Foto: Zhao jian kang / Shutterstock.com

Grande Canal da China. Foto: Zhao jian kang / Shutterstock.com

Em 605, o Imperador propôs a construção de dois projetos: a transferência da capital do pais para Luoyang e escavar o Grande Canal entre Pequim e Hangzhou. A obra demorou cerca de seis anos para ser concluída, e teve todos canais que se encontravam em seu curso ligados ao rio Amarelo.

Durante as dinastias deYuan, Ming (1368-1644), e Qing (1644-1911), o Grande Canal foi a artéria principal entre as províncias do Norte e as do Sul. Era essencial para o abastecimento de cereais para Pequim. Mas porém, contrariando sua principal finalidade, transporte de alimentos, foi também usada para vários outros fins como o transporte de militares, além de facilitar muito o intercambio cultural entre o norte e o sul da China.

O rio tem inicio em Pequim e termina no sul de Hangzhou, tem um comprimento de 1.794 quilômetros, sendo assim o mais extenso do mundo, percorrendo também os municípios de Tianjin Hebei, Shandong, Jiangsu e Zhejiang. Jà no sul do pais, o canal dirige seu curso até o município de Suzhou e depois ao município Jingjiang, onde é atravessado por cinco pontes de pedra.

Já na parte central do Grande Canal, situada entre Jingjiang e Qingjiangpu, a corrente é muito forte, o que dificulta a navegação para o norte.

A parte mais antiga do canal é situada entre o rio Yangtzé e o Huai He. Foi reparado no seculo III. A parte sul, entre o Yangtzé e Hangzhou, foi construída nos começos do século VII. A parte setentrional foi construída entre 1280 e 1283. O canal foi reconstruído por inteiro entre 1411 1415, durante a dinastia Ming, pelo imperador Yongle. A parte menos utilizada é a norte devido a correnteza, a má feitura, o descuido e a água lamacenta do rio Huang He.

Em meados do século XIX, com o desenvolvimento do transporte marítimo e as aberturas das vias ferro-carril reduziram gradativamente o papel do canal como principal meio de transporte Chinês. Na implantação da Republica Popular da China em 1949, foram realizados importantes trabalhos para tentar a reabilitação do Grande Canal como o principal meio transporte Chinês, tentando que recobrasse a sua importância econômica.

Fontes:
http://pt.encydia.com/gl/Grande_Canal_da_China
http://pt.wikipedia.org/wiki/Grande_Canal_da_China

Arquivado em: China, Hidrografia