Expansionismo Japonês

O expansionismo Japonês aconteceu por volta de 1901 quando o Japão se moderniza, finalmente deixa de ser um pais feudal e passa a ser um pais capitalista, com certas politicas de expansão em que se acreditavam que para satisfazer as necessidades japonesas, era preciso garantir uma situação econômica estável.

Tudo tem seu inicio em 1903, quando o governo nacional japonês sente uma grande carência por parte de recursos energéticos. Até em 1905 o pais não tinha se quer alguma alternativa para sanar essa carência, além disso ele estava completamente isolado de certas questões como empréstimos a países estrangeiros, fundos dentre outras. Ou seja, o Japão precisava urgentemente de conseguir recursos energéticos para restabelecer sua economia. Assim, nesse mesmo período, o Japão que já havia investido muito dinheiro em força bélica, entra na atual Coreia do Sul sem grandes problemas, domina a capital Seul em apenas três dias e tem o inicio ai ao chamado “expansionismo japonês”. Também em meio a tudo isso, o Japão consegue dominar o mar da China, expandindo assim o mar Japonês, além de dominar também algumas ilhas do pacífico.

Em 1911, o até então Imperador Japonês aplica algumas ordens de invasão das primeiras ilhas Filipinas, tomando posse do mar do mesmo pais. O período de 1914 e 1945 já é marcado pelas altas riquezas devidas à extração em massa de petróleo, carvão, ópio, ferro, bronze, que em grande temporada de guerra trouxe grande lucros para o País Oriental devido a países Europeus, principalmente a Alemanha, se credenciarem como grandes importadores.

Depois do ataque a Pearl Harbor (a base da marinha americana no Hawai) o exército americano manteve constantes ataques durante 11 meses, o que fizeram com que os Japoneses recuassem para seus territórios de origem, mantendo-se fortes na sua linha de defesa. Dizem que os Japoneses são muito nacionalistas e que preferem morrer do que serem conquistados, além de acreditarem que o solo de sua terra é sagrado, e não pode ser pisado por uma “raça inferior a deles”.

Em 6 de agosto de 1945, os Estados Unidos lançam sua primeira Bomba Atômica sobre a cidade de Hiroshima, e mesmo assim, três dias depois o governo Japonês não havia se rendido. Foi então lançada a segunda bomba, agora sobre a cidade de Nagasaki, onde ficara tudo arrasado. Ai sim o governo Japonês tenta tomar certas atitudes para que chegasse o fim. Os representantes do governo Japonês se reuniram com representantes do governo Americano para negociar a rendição de todo o estado Japonês da Segunda Guerra Mundial. O Japão foi o ultimo país a se render nesta guerra, acabando assim com todo o expansionismo japonês, e posteriormente ele alteraria sua politica focando em uma politica de reconstrução econômica.

Fonte:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Expansionismo_japonês

Arquivado em: História da Ásia, Japão