Imigração e refugiados na Europa

A ideia de uma vida melhor - numa região denominada primeiro mundo.

Na história humana, imigração sempre aconteceu, por diversos motivos. Houve um período em que os humanos tinham hábitos nômades, éramos coletores e caçadores, não havíamos desenvolvido o conhecimento para desenvolver plantio. O que nos obrigava a buscar os locais onde havia comida mais abundante, além disso também o movimento servia para evitar predadores naturais. Dessa forma, podemos dizer que o processo migratório é algo normal.

Milhares de refugiados vagam em direção à Alemanha. Foto: Janossy Gergely / Shutterstock.com

Milhares de refugiados vagam em direção à Alemanha. Foto: Janossy Gergely / Shutterstock.com

Hoje o tema de refugiados está amplamente divulgado em mídia e são representados por habitantes do Oriente Médio e África, principalmente. Porém em outros momentos históricos, já foram os próprios europeus os refugiados.
No Brasil mesmo, italianos, alemães, portugueses, entre outras nacionalidades, se refugiaram em grande quantidade, buscando segurança, diante a situação que viviam em seus países de origem (doenças, guerras, pobreza…).

Esse artigo no entanto tem como objetivo explicar, de forma sucinta, a maneira como esse fenômeno está se dando no momento atual. E o fato é que todos os países estão recebendo imigrantes provenientes da África, mas especialmente a Europa, recebem todos os dias embarcações carregadas de corações esperançosos em cultivar um lar, seguro, onde possam criar suas crianças. Imigrantes dos 4 cantos da África chegam ao continente por diversas rotas.

Mas não é apenas a Europa que está recebendo imigrantes. O Brasil se deparou com uma situação delicada, em setembro do ano passado, um navio brasileiro efetuou um resgate arriscado no oceano. Uma embarcação vinha desde Libia, com aproximademente 220 pessoas embarcadas. Mulheres, Homens, Crianças e Bebês. Esse barco já se encontravam perto de uma situação de naufrágio, sem nenhuma condições de realizar uma viagem segura. Já não bebiam água há dois dias quando o resgate brasileiro se aproximou, e bem preparado, efetuou o salvamento.

Dados dizem que desde o último ano (2015) o número de imigrantes cresceu em porcentagem assustadora.
Imagine uma cidade inteira. Cada pessoa. Totalizando algo em torno de 400.000 pessoas. Esse é o número aproximado de homens, mulheres, crianças. Famílias inteiras que se lançaram numa "aventura arriscada" a caminho da Europa, para buscar acolhimento, segurança, trabalho, alimento.

As guerras vividas em Palestina, Síria, Afeganistão, com vários países envolvidos como Israel, Estados Unidos, Rússia. Geraram um aceleramento desse processo migratório. Provenientes de países como Eritreia, Gana, Nigéria também se há registrado um grande número de imigrantes.

Outro fato importante é o de terroristas vinculados a religiões. Essas atitudes causam aumento da violência, intolerância e até repugnância, resultando em insatisfação por parte da sociedade em geral, que não compactua com essas ações extremas. E decidem buscar asilo em outras regiões.

Levam consigo uma história muito complicada, pelas marcas deixadas por guerras, pelo imperialismo, o colonialismo, o ditatorialismo, o fanatismo religioso e a intolerância. Infelizmente, muitos não chegam a seu destino, perpetuando um processo histórico.

Bibliografia:

O CUSTO HUMANO DA FORTALEZA EUROPÉIA, https://anistia.org.br/direitos-humanos/publicacoes/violacoes-de-direitos-humanos-contra-imigrantes-e-refugiados-nas-fronteiras-da-europa/ acessado em 18/03/2016

"QUERO UM LUGAR SEGURO": Mulheres refugiadas da Siria, desenraizadas e desprotegidas no Líbano. https://anistia.org.br/direitos-humanos/publicacoes/quero-um-lugar-seguro-mulheres-refugiadas-da-siria-desenraizadas-e-desprotegidas-libano/ acessado em 18/03/2016

REFUGIADOS NA EUROPA: a crise em mapas gráficos. http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2015/09/150904_graficos_imigracao_europa_rm acessado em 19/03.2016

BRASILEIRO QUE RESGATOU IMIGRANTES DIZ QUE ELES NÃO COMIAM HÁ DOIS DIAS. http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2015/09/150905_comandante_ru.shtml acessado em 19/03/2016

"THOSE WHO ARE BESIEGED ARE ALL 23 MILLION SYRIANS": https://ingaza.wordpress.com/2016/01/12/those-who-are-besieged-are-all-the-23-million-syrians-syrias-ambassador-to-the-un-dr-bashar-al-jaafari-on-madaya-kafarya-foua-zabadani-syria/ acessado em 21/03 2016