Período das Cinco Dinastias

O "período das cinco dinastias" foi o momento da historia Chinesa que se refere ao ano de 907 ao ano de 960, e é marcada por uma forte instabilidade politica. Tal momento está situado entre a dinastia Tang e a Song, e é denominada tal por cinco dinastias sucederem rapidamente o governo da China.

As cinco dinastias que estiveram no governo foram:

  1. Liang posterior (907-923)
  2. Tang posteior (923-936)
  3. Jin posterior (936-947)
  4. Han (947-951)
  5. Zhou (951-960)

O que antecede esse momento, e que proporcionaria toda essa instabilidade, foi a desintegração politica no final da dinastia Tang, que fez com que o poder escapasse das mãos do governo imperial , parando nas mãos de governadores regionais.

Zhu Wen era o mais poderoso militar da época do Norte da China e rendeu-se à Dinastia Tang, posteriormente ele seria um elemento essencial na supressão da rebelião. Depois de alguns anos, já havia consolidado seu poder destruindo seus vizinhos, e em 904 havia assassinado o Imperador Zhaozong e posto seu filho de treze anos no trono. Mais tarde proclama a fundaçao da Dinastia Liang posterior, consagrando si próprio como Imperador. Assim muitos dos seus rivais haviam declarados regimes independentes em suas regiões, e muitos não reconheciam a nova Dinastia. Os principais protestantes ao governo eram Li Cunxu e Liu Shouguang, que lutavam pelo controle do Norte da China. Li Cunxu chega a derrotar Liu Shouguang em 915, e proclamou-se imperador em 923, e em poucos meses varreu o regime Liang posteior, substituindo-a pela dinastia Tang posteior.

A Dinastia Tang posterior teve alguns anos de calmaria, porém em 934 a inquietudo começou a tomar conta da China novamente. Shi Jingtang, um grande lider da época, com ajuda da do império da Manchúria, rebela-se contra o governo. A rebelião teve sucesso, e Shi Jingtang converteu-se em imperador da Dinastia Jin posterior nesse mesmo ano (936).

Após a fundação da Dinas Jin, os povos da aliada Manchúria começaram a ficar cada vez mais poderosos, quando em 943 decidiram tomar as terras até a capital Kaifeng, levando ao fim a Dinastia Jin posterior. Porém não foram capazes, ou não quiseram, manter todo esse territorio que haviam conquistados e acabaram perdendo um pouco do territorio. E para preencher esse vazio um lider chamado Liu Zhiyuan, entrou na capital imperal e proclamou a Dinastia Han posterior, em 947.

A dinastia Han foi a mais curta entre as cinco, já que um golpe em 951 levou ao entronamento do general Guo Wei e ao começo da Dinastia Zhou posterior. Porém, Liu Choug, um membro da família imperial de Han posterior, criou um regime de Han setentrional e procurou ajuda novamente da Manchúria para derrotar a Dinastia Zhou posterior.

Após a morte de Guo Wei em 951, o seu filho adotado Chai Rong sucedeu-lhe no trono e começou a politica de expansão e reunificação. Em 954 derrotou as forças de Han e dos Manchurianos, acabando com a esperanças de destruir a Dinastia Zhou posterior.

Em 960. o general Zhou Kuangying, através de um golpe, apropriou-se do trono, fundando assim a Dinastia Song setentrional. Este fato marca o fim oficial do periodo das “Cinco Dinastias”.

Fonte:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Período_das_Cinco_Dinastias_e_dos_Dez_Reinos

Arquivado em: China, História da Ásia