Extrusão de Alumínio

A extrusão de alumínio é um processo onde ocorre a deformação do tarugo de metal com o objetivo de adequá-lo aos mais diferentes tipos de aplicações. Tudo começa com o tarugo, que, após passar por um orifício que o modela para uma aplicabilidade específica, forma os perfis de alumínio utilizados na construção civil e em produtos acabados.

Peças de alumínio extrudado. Foto: Peter Sobolev / Shutterstock.com

Peças de alumínio extrudado. Foto: Peter Sobolev / Shutterstock.com

Em qualquer processo de extrusão, existem duas formas de executar o trabalho, que dependem da ductilidade do material. No caso do alumínio, o método utilizado é o da extrusão em alta temperatura. O fenômeno é parecido com o funcionamento de uma seringa de injeção, o tarugo de alumínio é injetado a alta pressão e temperatura e é impulsionado até um molde (matriz), pela qual sai ganhando o formato desejado. Depois desta etapa, toma a forma de peça sólida e pode ser cortado como o fabricante desejar.

Devido a sua imensa utilização na construção civil e na indústria moveleira, o material tem uma variedade infinita de perfis. Eles podem ser classificados como sólidos, nos quais a seção transversal não possui vazios circunscritos por metal. Já o perfil tubular é aquele que apresenta uma seção transversal com pelo menos um vazio totalmente circunscrito por metal. Há ainda os perfis semitubulares, cujas seções transversais tem vazios parcialmente circunscritos por metal.

Apesar da maleabilidade do alumínio, material que possibilita qualquer tipo de extrusão, existem alguns grupos de ligas que implicam uma maior faixa de propriedades para a extrusão, conferindo máxima eficiência no processo. Cada uma delas possui características individuais, podendo ser extrudadas com facilidade, outras requerem um processo mais complicado, que passa até mesmo pela redução na velocidade da extrusão.

Curiosidades

O processo de extrusão é utilizado com fins comerciais desde o século XIX. Durante a Segunda Guerra Mundial, começou a ser utilizado amplamente em componentes aeronáuticos. Foi neste contexto que sua alta capacidade de aplicabilidade em diversos setores foi percebida. Desta forma, esta indústria expandiu-se também no período do pós-guerra e hoje é utilizada para produção de componentes de carrocerias de ônibus e caminhões e possui centenas de outras aplicações.

Fontes:
http://www.manutencaoesuprimentos.com.br/conteudo/3061-extrusao-hidrostatica-em-tarugo-de-aluminio/
http://www.slideshare.net/Dirk.Henning/extruso
http://www.hyspex.com.br/normas-tecnicas/processo-de-extrusao

Arquivado em: Indústria