Como aprender inglês sozinho

Graduada em Letras-Inglês (USP, 2017)

Cursos presenciais de inglês atraem milhões de pessoas em todo o mundo. Infelizmente, pouquíssimas pessoas conseguem chegar ao final e se comunicarem efetivamente no idioma, por diversos motivos (que passam pela desistência, a não adaptação aos métodos de ensino do curso, crises financeiras etc).

Felizmente, o inglês é um dos idiomas mais acessíveis de todos, e pode ser aprendido por qualquer estudante que se interesse devido aos milhares de estímulos diferentes que temos no nosso dia-a-dia, muitas vezes sem nem percebermos.

Pensando nisso, elaboramos dez dicas sobre como aprender inglês sozinho, a qualquer hora e em qualquer lugar.

Foto: Yuriy Golub / Shutterstock.com

1. Consuma diferentes conteúdos em inglês

Para aprender um idioma, é preciso ter familiaridade com ele, inserindo-o nos seus afazeres diários, no seu tempo livre e nas suas horas de estudo. Procure consumir materiais diferentes, como vídeos, músicas, filmes, séries e jogos de videogame em língua inglesa.

2. Pratique com amigos

Redes sociais e aplicativos de mensagens são ferramentas muito efetivas para praticar uma língua. Converse com amigos e colegas em inglês e compartilhe memes, vídeos, GIFS, fotos e outras mídias para expandir seu vocabulário e melhorar sua fluência.

3. Baixe aplicativos gratuitos para aprender inglês

Atualmente existem diversos aplicativos disponíveis para os sistemas iOS e Android que são gratuitos ou que se tornam pagos depois de um certo estágio de aprendizado do idioma. Mesmo os pagos possuem valores muito mais acessíveis se comparados aos cursos presenciais e oferecem uma gama de exercícios, conteúdo gramatical, curiosidades sobre a língua e até mesmo auxílio de profissionais da área, como professores de idiomas ou falantes nativos da língua.

Alguns dos principais aplicativos incluem:

4. Aguce a curiosidade

Deparou-se com uma palavra nova ao acompanhar a letra de sua música preferida? Pesquise por seu significado em dicionários e mecanismos de busca. Não entendeu uma gíria? Busque compreender seu contexto e traduza para um termo equivalente em português. A curiosidade é a catalisadora de um aprendizado mais rápido e satisfatório.

5. Ouça sotaques diferentes

Consuma conteúdo em inglês com falantes de diversos países para acostumar os ouvidos a sotaques diferentes. Ouça diálogos de falantes de inglês da Índia, Nova Zelândia, Reino Unido, Canadá, Sul dos Estados Unidos...

6. Sem prazos impossíveis

Tente não estipular prazos surreais para ser fluente em inglês (1 ano, 8 meses, 6 meses etc). É importante tentar seguir uma rotina disciplinada de estudos diários, mas com consciência da dedicação a longo prazo necessária para conseguir se comunicar em um idioma fluentemente.

7. Leitura de blogs e portais de notícias estrangeiros

Além de utilizar aplicativos, existem blogs e portais de notícias disponíveis com conteúdo facilitado para aprendizes de inglês. Algumas sugestões incluem:

8. Faça mudanças no seu cotidiano

Quando sentir-se confortável e confiante o suficiente, mude o idioma do celular, do GPS e/ou do computador para o idioma inglês. Você terá a disposição um novo vocabulário, com a facilidade de já conhecer as palavras em português.

Arquivado em: Inglês