Suna

Segundo a definição do iDicionário Aulete, o verbete Suna significa “livro dos muçulmanos, que contém os ditos e os feitos de Mafoma [Maomé]”. Na cultura árabe, a palavra tem o significado literal de “caminho trilhado”, ou seja, as veredas que foram seguidas pelo profeta, das quais surgiram suas tradições.

sunaAlém disso, Suna apresenta um significado terminológico que indica todas as aprovações, dizeres e realizações de Maomé em mais de 20 anos como mensageiro divino. Assim, tudo que envolve a sua vida forma a Suna, que deve ser praticada e seguida pelos muçulmanos segundo as tradições. Um exemplo de moralidade para o povo em questão é a "hadith", os registros que foram validados no caminho do profeta.

A importância da Suna é enorme para os muçulmanos, pois, notavelmente, somente perde em importância para o Alcorão. É considerada uma fonte secundária, mas não menos importante. Nesta religião, a palavra de Allah [Deus] está no sagrado Alcorão e a Suna seria a forma encontrada por Maomé para disseminar, ensinar e aplicar o Islã.

As informações contidas na Suna estão presente em diversos livros como o Sunan Abu Daud, o Sunan Ibn Majah, o Sunan Attirmidhi, o Sunan An-Nasai, o Sahih Muslim e o Sahih Bukhari. Tais obras, juntas, formam o corpo de leis do Islã, além das diretivas a serem seguidas por adeptos à religião, seja no Oriente Médio ou em qualquer outra nação.

As palavras “hadith” e “Suna” tem o significado parecido, mas há algumas diferenças conceituais entre as duas. No caso da primeira, é categorizada a partir de um estatuto, relacionado aos textos que a compõe e ao grupo que a transmite. A Suna, na verdade, foi objeto de estudo dos Acadêmicos de Hadiths, que se debruçaram na análise do contexto, transmissores e estabelecimento na verdade ou falsidades presente nas hadiths.

Por meio do estudo dos que transmitiram a hadith, os acadêmicos citados desenvolveram um sistema para diferenciar a hadith em categorias e fazer uma avaliação do texto, estabelecendo o que seria falso, fraco, bom ou correto para os seguidores do Islã. Vale lembrar que a Suna é diferente da fiqh, que apresenta unicamente as ideias de religiosos juristas. Difere-se, também, do Alcorão, que não chega a ser um registro, mas uma revelação.

Fontes:
http://aulete.uol.com.br/suna
http://pt.wikipedia.org/wiki/Maomé
AZEVEDO, Antonio Carlos do Amaral. Dicionário de nomes, termos e conceitos históricos. 3ª. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1999.

Arquivado em: Islamismo