Jargão

Especialista em Planejamento, Implementação e Gestão da Educação a Distância (UFF)
Graduação em Letras (Fundação Comunitária de Ensino Superior de Itabira, FUNCESI)

Segundo Platão e Fiorin (1999, p.93), o jargão é o “vocabulário típico de uma dada especialidade profissional”. Nesse contexto, ele é usado especificamente pelas pessoas que compõem determinado segmento profissional. Há, por exemplo, o jargão dos profissionais da informática, o jargão dos médicos, o jargão dos profissionais da área corporativa, o jargão dos publicitários... Vamos observar uma palavra que compõe o jargão dos jornalistas? Então, leia este texto:

Pâmela andava muito preocupava... O jornal, “Claro”, em que ela trabalhava já não vendia como antes... E o dono estava pensando seriamente em manter a publicação apenas no formato digital. Queria cortar gastos e isso incluía a demissão de alguns funcionários... Não sobraria quase ninguém, já que a empresa era pequena... Pâmela temia tanto ficar desempregada! Como conseguiria outro emprego com este cenário econômico tão desfavorável? Ela refletiu bastante e chegou à conclusão de que precisava ter uma ideia, encontrar um meio para mudar ou amenizar aquela situação do “Claro”. Certa tarde, Pâmela acabou conseguindo apurar um fato sobre uma situação na prefeitura, da sua cidade, que ela estava investigando há algum tempo... Conversou com a equipe do jornal e publicou a notícia. O furo representou um aumento significativo nas vendas... Pâmela sugeriu que o “Claro” focasse na questão investigativa...

(Texto elaborado pela autora deste artigo para a abordagem do jargão).

Qual jargão aparece no texto acima? O termo “furo”! No meio jornalístico, “furo” é uma notícia dada em primeira mão. Em outras palavras, um veículo da imprensa dá a notícia importante antes dos demais. Por isso, a notícia de interesse da população da cidade, dada em primeira mão pelo “Claro”, levou ao aumento expressivo da venda dos exemplares desse jornal.

Vale repetir que o jargão se faz presente nos diferentes campos profissionais. No meio corporativo, são muito comuns frases como “Vou dar o start no projeto hoje.” ou “Vou startar o projeto hoje.”. Isso significa que a pessoa vai começar ou dar início ao projeto hoje. Na área jurídica, observa-se o uso de “peticionar” que quer dizer “pedir ao juiz”. Os médicos dizem “AVC” ou “acidente vascular cerebral” para se referir ao que conhecemos como “derrame cerebral”. Em suma, há vários exemplos de palavras ou expressões que formam o jargão de um grupo profissional.

Referência:

FIORIN, José Luiz; SAVIOLI, Francisco Platão. Temas e figuras: a seleção lexical. In: ___Para entender o texto: leitura e produção. 15 ed. São Paulo: Ática, 1999, p.93-99.

Arquivado em: Linguística