Onomástica

Mestrado em História (UFJF, 2013)
Graduação em História (UFJF, 2010)

A Onomástica é o estudo dos nomes próprios. A iniciativa de se estudar sistematicamente os nomes próprios surgiu com os eruditos renascentistas que abordaram as obras clássicas greco-latinas. Entretanto, o efetivo estudo dos antropônimos é datado do século XVII, época na qual se encontram obras que possuem valor científico até os dias de hoje. Algumas dessas obras são tidas como mais valorosas do que de estudiosos dos séculos XIX e XX que não apresentaram suficiente crítica ou lançaram mão de recursos astrológicos de caráter duvidoso.

A Onomástica pode ser caracterizada, de fato, como todo o estudo que faz em torno de nomes próprios. Esses estudos podem abordar gênero, origens, processos de denominação em diferentes línguas ou dialetos. A Onomástica está inserida nos estudos de linguística e possui forte vinculação com História e Geografia. As pesquisas nesse sentido são grandiosas, ramificam-se pela epigrafia e a paleografia. A primeira delas oferece seus métodos para leitura de inscrições em pedras, madeira, marfim e barro. Já a segunda, revela escritos em papiro ou pergaminhos. A combinação dos dois métodos permite identificar o nascimento, a evolução, a cronologia e até a morte de um nome.

A Onomástica pode ainda ser dividida em duas vertentes: Toponímia e Antroponímia.

A Toponímia se encarrega de estudar nomes de lugares, levando em consideração sua origem e evolução. Além de abordar cidades e localidades, também se preocupa com nomes de rios e cursos d’água, nomes de lagos, nomes de montes e de relevos, nomes de subdivisões administrativas e de estradas, nomes de lugares que são batizados com língua estrangeira.

Já a Antroponímia dedica-se ao nome próprio de pessoas, considerando prenomes, sobrenomes ou apelidos de família.

A Onomástica em toda a sua abrangência é ferramenta importante para pesquisas da História Política, Social, Cultural, das Instituições e das Mentalidades.

Fontes:
http://www.usp.br/revistausp/56/20-patricia.pdf
http://madeiragenealogy.com/2011/01/onomastica-o-estudo-dos-nomes/

Arquivado em: Linguística