Tipos de personagens

Pós-graduada em Língua Portuguesa e Literatura (Mackenzie, 2016)
Licenciada em Letras Português-Inglês (FMU, 2012)

Publicado em 14/03/2019

A narrativa é o relato de acontecimentos reais ou fictícios que contém elementos que contribuem para o leitor obter uma melhor compreensão do início ao fim. Esses elementos são: enredo, espaço, tempo e personagens.

Os personagens, por exemplo, vivenciam a história, dando-lhe vida e atraindo o interesse do leitor. Podem ser um animal, uma pessoa ou um objeto, desde que apresentem características humanas, ou seja, desde que sejam personificados. Além disso, eles podem ter nomes ou não, com qualquer tipo de personalidade.

Na narrativa, esses personagens possuem uma certa importância e função que serão classificadas a seguir.

Importância e função das personagens na narrativa

  • Protagonista é o personagem principal da obra. A sua experiencia é o foco da narrativa. A partir da sua perspectiva sobre o conflito da história que julgamos tudo o que acontece durante o enredo. Pode ser um herói (ou anti-herói), podendo existir um ou mais personagens principais.
  • Coprotagonista é o segundo personagem mais importante da história. Ele possui relação próxima com o protagonista, ajudando-o a alcançar os seus objetivos. Além disso, ajuda a problematizar e enriquecer a história, permitindo que diversos aspectos do tema central sejam explorados. Pode ter mais de um coprotagonista.
  • Antagonista é um personagem que se contrapõe ao protagonista, e nem sempre está presente nas narrativas. Ele traz ou representa uma ameaça, obstáculo, dificuldade ou impedimento ao que o protagonista deseja alcançar. Pode ser o vilão da história representado por um objeto, animal, monstro e espirito. Também pode ser uma instituição, grupo social, limitação de ordem física, psicológica, social ou cultural.
  • Oponente é o personagem que tem uma relação próxima do antagonista, compartilhando do mesmo desejo dele. Pode ser um amigo, parente ou funcionário do antagonista.
  • Coadjuvante é o personagem que auxilia no desenvolvimento da história, exercendo uma função que pode ou não estar relacionada com a narrativa principal. A quantidade de sua aparição e sua importância pode variar conforme o enredo.
  • Figurante é um personagem que tem papel ilustrativo, sem relação com o enredo ou nenhum dos personagens. Ele tem a função de ilustrar o ambiente.
  • Falso protagonista é o personagem apresentado ao leitor com o objetivo de induzi-lo a acreditar que ele é o foco principal da narrativa para, depois, revelar quem é o verdadeiro protagonista.

Existência das personagens na narrativa

  • Real ou histórica: as personagens existem ou existiram, isto é, foram citadas em obras históricas ou jornalísticas.
  • Fictícia ou ficcional: as personagens não existem e são criadas pela imaginação do autor, embora em alguns casos elas sejam inspiradas em pessoas reais.
  • Real-ficcional: as personagens são reais, mas com personalidade fictícia.
  • Ficcional-ficcional: as personagens são ficcionais dentro de obras ficcionais.
  • Ficcional-real: as personagens são ficcionais, mas que passam a existir no mundo real. Personagens colocadas em prática por encenação no convívio com pessoas reais, as quais não sabem tratar-se de uma personagem. Conceito muito utilizado em "pegadinhas" da TV, sendo uma das mais conhecidas a personagem Borat.

Bibliografia:

Módulo do ensino integrado: língua portuguesa. São Paulo: DCL, 2002. p. 166-167.

http://ficcao.emtopicos.com/criar-personagem/classificacao/

https://pt.wikipedia.org/wiki/Personagem

https://www.estudopratico.com.br/literatura-conheca-os-tipos-de-personagens/

Arquivado em: Literatura