A Incrível Fábrica de Lagartos

O que pode ser mais trágico para uma criança do que ver seu sábado de sol se transformar em um dia de chuva torrencial, obrigando-a a ficar trancada dentro de casa?

fabrica-lagartosQuem tem filhos, ou ainda lembra-se bem de sua própria infância, sabe o que um final de semana chuvoso significa para os pequenos. E foi pensando nisso que o goiano Tael de Araújo, pseudônimo do escritor Israel Teles, lançou o e-book A Incrível Fábrica de Lagartos, voltado especialmente para crianças em processo de alfabetização.

Tudo começou quando um sobrinho do autor desenhou o que intitulou de “A Incrível Fábrica de Lagartos”. A ilustração era tão interessante, que Tael percebeu na hora que poderia transformá-la em um livro. No mesmo dia, sentou e escreveu.

A obra conta a história de Puã, um menino que gosta muito de estudar, mas reserva os finais de semana para brincar e se divertir. Porém, quando o sábado finalmente chega, Puã é surpreendido por uma forte chuva, que termina obrigando-o a ficar dentro de casa. Apesar de tristonho, rapidamente Puã tem uma ideia: ao ver um lagartinho passando pela sua janela, se questiona de onde, afinal de contas, surgem os lagartos. E sem demora encontra uma resposta para sua pergunta: naturalmente os lagartos vêm de uma fábrica. Uma incrível fábrica de lagartos.

O livro se destaca em diferentes pontos, mas certamente o principal é a temática simples, porém elaborada, com a qual o autor aborda a imaginação infantil – talvez o maior e melhor recurso de que dispomos, apesar de deliberadamente não o utilizarmos na maioria das vezes.

Ao ler A Incrível Fábrica de Lagartos, somos novamente transportados para a infância, e para tudo o que faz parte dela: sua beleza e simplicidade características; a fantasia, que costumeiramente se entrelaça, e até mesmo confunde-se, com a realidade; e a liberdade da nossa imaginação, capaz de nos levar para todos os lugares que conseguirmos inventar. E não importa se somos crianças, ou não. Nossa capacidade de criar não se perde quando crescemos. Ela continua ali, no mesmo lugar de sempre, somente esperando uma chance para se manifestar.

Não tenho dúvidas de que, para escrever sua história, Tael de Araújo reencontrou-se com o pequeno Tael que ainda vive, e sempre viverá, a rondar sua vida de adulto. Através de uma sensibilidade ímpar e de uma simplicidade refinada, o autor passeia pelo universo infantil com desenvoltura. Pensando como o leitor, recebe a credibilidade que precisa para estabelecer com a criança uma relação honesta e real.

Tael também não cai na cilada de tratar as crianças como seres alienados ou desprovidos de raciocínio, como muitos livros costumam fazer. Pelo contrário. Abordando o universo infantil com astúcia e naturalidade, o autor aproxima sua história dos pequenos, os instigando a fazer o mesmo que Puã: imaginar. Pois, se da realidade não podemos escapar – ninguém consegue fazer parar de chover – a imaginação não fecha nenhuma porta.

E para melhorar o que já está bom, A Incrível Fábrica de Lagartos conta com um projeto editorial interativo, que inova não somente em seu conteúdo, mas também em sua forma: a obra está disponível em formato digital, e pode ser adquirida na loja do iTunes através deste link: https://itunes.apple.com/br/book/incrivel-fabrica-lagartos/id821589134?mt=11

Além disso, o livro foi lançado também em inglês, sob o título The Incredible Lizard Factory, sendo possível comprá-lo no https://itunes.apple.com/br/book/incredible-lizard-factory/id821603148?mt=11

Ainda foram produzidos dois booktrailers para divulgar o livro, tanto para sua versão em português, quanto para sua versão em inglês. Ambos podem ser conferidos na página do autor no YouTube: www.youtube.com/user/TaeldeAraujo

No entanto, bacana mesmo é o site que Tael desenvolveu para aumentar ainda mais seu intercâmbio com o leitor. No www.taeldearaujo.com.br a interação continua, uma vez que o autor disponibilizou nesta página extras do livro para download, como papéis de parede e desenhos para colorir. Sem contar a trilha sonora da obra, que está disponível no SoundCloud do escritor, no link www.soundcloud.com/tael-de-araujo, e também nos booktrailers de divulgação.

Tael de Araújo faz uso de todos os recursos disponíveis para despertar o interesse e o envolvimento do leitor com o livro. O autor se aproveita das soluções e das opções que a internet dispõe, sabendo da relação íntima e constante que todas as crianças mantêm com seu computador. Contudo, Tael sabe que o meio jamais poderá fazer qualquer coisa pela mensagem. Sem qualidade, sem um bom enredo, sem personagens fortes e convincentes, e sem uma boa história para contar, não há nada que a internet, com suas infinitas possibilidades, possa fazer.

E sabedor desta informação, elaborou uma fábula capaz de conversar com as crianças, fazendo-as interagir de maneiras diferentes e criativas com o livro, envolvendo, de fato, o leitor em seu enredo.

Porém, talvez o maior mérito do autor seja relembrar aos pequenos que, independente dos recursos tecnológicos disponíveis atualmente, nenhum é capaz de suprir os ilimitados recursos que a imaginação nos oferece. Afinal, se Puã criou uma incrível fábrica de lagartos, o leitor pode também embarcar na sua própria fantasia e criar o que quiser, do jeito que quiser e quando quiser.

Leitura recomendada e, mais do que isso, obrigatória, para todos os pais e filhos conscientes de que, da tecnologia, devemos aproveitar suas ferramentas; entretanto, sem jamais abrir mão das possibilidades sem fim que a imaginação é capaz de nos proporcionar.

Seja com sete anos, seja com setenta.

Afinal, existe um Puã dentro de cada um de nós, fechado em casa num dia de chuva. Abrir a porta e deixá-lo livre é uma decisão individual e intransferível.

Tael libertou o seu Puã, e eu libertei o meu enquanto conhecia sua incrível fábrica de lagartos.

E você? Quando vai deixar o seu Puã sair para brincar?

* Ana Clara Almeida é uma jornalista apaixonada por literatura e tecnologia.

Contato: [email protected]

Arquivado em: Livros