Harry Potter e a Câmara Secreta

Harry Potter e a Câmara Secreta é o segundo livro da série de JK Rowling. A história desse segundo livro segue a cronologia logo após o primeiro ano escolar de Harry na escola de bruxaria.

O livro conta a lenda de uma câmara secreta onde existe um monstro escondido que pode matar todos que não tem o sangue puro de bruxos. Harry é o principal suspeito de ter aberto essa câmara e ter libertado o monstro, sendo que é suspeito (a lenda diz que somente o herdeiro da casa Sonserina é o único que pode abrir a câmara e Harry é o principal suspeito devido principalmente a sua habilidade de conversar com cobras) que a localização da câmara secreta é a escola de bruxaria.

A história ainda conta sobre um diário que é colocado em meios as coisas de Gina (irmã de Rony), levando a mesma a ser presa pelo basilisco (esse revela ser o terrível monstro, tratando-se de uma enorme cobra controlada por Voldemort).

Harry e Rony encaram o desafio de entrar na câmara secreta para poder resgatar Gina. Harry acaba enfrentado o basilisco, recebendo a ajuda da fênix de Dumbledore. Harry consegue afugentar o enorme basilisco com a ajuda que recebeu do diretor da escola (uma lendária espada), sendo que a fênix também salva Harry da morte, pois o basilisco mordeu Harry envenenando-o então a ave cura o veneno da cobra com uma lágrima. Harry destrói o diário que induziu Gina a entrar na câmara secreta e acaba salvando-a.

O livro ainda mostra personagens como Lúcio Malfoy (pai do inimigo de escola de Harry, Draco Malfoy), Dobyy o elfo doméstico (o qual Harry liberta de ser escravo de Lúcio). Sendo que o livro transcorre ainda durante toda a segunda série escolar bruxa de Harry.

O filme lançado em 2002, alcançou uma quantia menor de bilheteria que o primeiro filme (Harry Potter e a pedra filosofal), porém alcançou a espantosa marca de quase 900 milhões de dólares em todo mundo, um verdadeiro sucesso.

Arquivado em: Livros