O Apanhador no Campo de Centeio

O Apanhador no Campo de Centeio (The Catcher in the Rye) é o livro de maior sucesso do escritor norteamericano J. D. Salinger. A obra foi originalmente publicada em formato de revista entre os anos de 1945 e 1946 e, em 1951, foi lançada em forma de livro, tornando-se um dos best-sellers mais lidos no mundo.


O romance foi, em um primeiro momento, publicado somente para adultos. Porém, o personagem principal, Holden Caulfield, ficou muito popular entre os jovens leitores. Na história, Caulfield passa por problemas tipicamente adolescentes: confusão, angústia, alienação e revolta, o que causou identificação na juventude pós 2ª guerra da época de lançamento do romance. O protagonista é, na verdade, um anti-herói, e acabou virando um ícone da rebeldia adolescente, tendo influenciado os movimentos contra culturais dos anos 60 e 70.

Tamanha foi a influência da obra, que acabou incluída entre os 100 melhores romances em língua inglesa eleitos por uma lista da revista Time em 2005 e por uma seleção da Modern Library, uma renomada editora americana. Além disso, o romance é citado como influência de escritores americanos como Charles Bukowski, Henry Miller, entre outros.

Na história, o personagem principal Holden Caulfield passa um final de semana em Nova Iorque após receber notas ruins em todas as matérias e ter sido expulso de um internato para rapazes. Aos 16 anos, filho de uma família abastada da cidade, Caulfield adia o confronto com seus familiares e sai andando pela cidade. No caminho do personagem, o escritor J. D. Salinger coloca paisagens e locais de Nova Iorque como bastidores para as divagações do jovem sobre sua vida e suas perspectivas.

Desacreditado das pessoas e entediado com todos em sua volta, Caufield procura, em personagens de seu passado como um professor, antiga namorada, irmã menor, as respostas para a confusão sem sentido que toma conta de seus pensamentos. De acordo com a jornalista Michiko Kakutani no jornal New York Times, “O Apanhador  ‘era a voz maravilhosamente urgente que Salinger moldou para Holden Caulfield - uma voz que permitiu a Salinger incorporar os pensamentos e ansiedades e frustrações de um rejeitado de 16 anos; uma voz que, ceticamente, avaliava o mundo e denunciava os falsos e hipócritas e chatos".

Assim como a vida de Salinger, seu principal livro envolve um culto associado a alguns fatos. Por exemplo, o assassino de John Lennon, David Chapman, foi encontrado com a obra no mesmo dia em que matou o então vocalista e líder dos Beatles, John Lennon.

No Brasil, o livro pode ser encontrado pela Editora do Autor.

Fontes:
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/folhatee/fm0102201013.htm
http://www.modernlibrary.com
http://pt.wikipedia.org/wiki/The_Catcher_in_the_Rye
http://www.nytimes.com/

Arquivado em: Livros