Alavancas simples

Graduação em Física (USP, 2013)

A alavanca permite que a força aplicada em um ponto de uma barra tenha seu efeito ampliado em outro através da relação entre a distância entre o ponto de aplicação e o apoio da barra.

Na figura acima observamos que há uma barra apoiada em um ponto fixo e que toca uma rocha em uma extremidade e está livre em outra. Nesta ponta livre é aplicada uma força, que chamamos de força potente (Fp). Esta força faz a barra se mover sobre o ponto de apoio invertendo o sentido da força, fazendo a barra subir e levantar a rocha. A rocha, por sua vez, exerce uma força de resistência (Fr) através da força peso.

Assim:

F_p \cdot d_p = F_r \cdot d_r

A relação acima nos mostra que quanto maior a distância entre o ponto de aplicação da força potente e o apoio, menor deve ser a força aplicada para mover o objeto.

No dia a dia, temos diversos exemplos de alavancas até no nosso próprio corpo. Por exemplo, os sistemas músculos-ossos-articulações formam alavancas que nos permitem andar, mastigar, levantar e arremessar objetos.

Uma tesoura, um pé de cabra, um alicate e um martelo para arrancar pregos também são exemplos de alavancas. Outra utilização prática é a utilização de extensores em chaves de roda, para facilitar a remoção dos parafusos de rodas de carros.

Referências: Projeto Araribá – Ciências. Obra Coletiva. 09º Ano. Moderna. 4ª Ed. SP. 2014

Arquivado em: Mecânica Clássica