Exército Zapatista de Libertação Nacional

O nome em espanhol para o Exército Zapatista de Libertação Nacional (EZLN) é Ejército Zapatista de Liberación Nacional. Considerada uma organização composta por uma maioria indígena (de diversas etnias), o EZLN tem caráter político-militar e sua maneira de conseguir conquistar seus objetivos é a guerrilha terrestre. A inspiração ideológica da organização está baseada no marxismo e seu maior objetivo é "subverter a ordem para fazer a revolução socialista e criar uma sociedade mais justa".

No dia 1º de janeiro de 1994, em Chiapas (México), um levante de indígenas armados e encapuzados atacaram várias instituições municipais, o que criou instabilidade dentro do sistema político mexicano. Neste mesmo dia, o Tratado de Livre Comércio da América do Norte começava a vigorar. O EZLN, após o primeiro fracasso da revolução, iniciou um empreendimento que contava com atividades radicais de guerrilha radical de esquerda.

Hoje em dia o grupo se mantém com a ajuda de algumas comunidades organizadas de Chiapas e enfrenta a indiferença do governo do México. Outros fatores que dão sustentação ao EZLN são: turismo, população indígena local e apoio financeiro de grupos de guerrilha estrangeiros com ideais parecidos.

Uma das organizações que antecederam o EZLN foram as Forças de Libertação Nacional (FLN). Elas foram fundadas no dia seis de agosto de 1969 em Monterrey, ao norte do México. De acordo com o general Mario Arturo Acosta Chaparro, muitos destes grupos “haviam estabelecido suas zonas de operação nos estados de Veracruz, Puebla, Tabasco, Nuevo León e Chiapas” (trecho do informe “Movimentos Subversivos no México”).

Já em 1974, ocorreria um embate entre uma unidade do Exército Federal e os guerrilheiros das FLN, dentre os quais estava o coronel Acosta Chaparro, Carmen Ponce e Dení Prieto e María Gloria Benavides, alguns destes mortos e torturados pelo Exército.

Assim, ao final deste confronto no qual houve diversas baixas importantes para as FLN, sua capacidade de operação e organização foi prejudicada. Apenas em 1980, alguns dos militares que resistiram à repressão, fundaram o Exército Zapatista de Libertação Nacional.

Três anos depois, um grupo formado por mestiços e indígenas formou um exército e declarou guerra ao governo mexicano, como visto acima, no trecho que se refere ao combate de 1994.

Um dos apoiadores mais conhecidos do EZLN é o vocalista da banda ativista Rage Against the Machine, Zack de La Rocha, que em muitos shows e entrevistas exalta o grupo e até usa camisetas com a sigla “EZLN”.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Exército_Zapatista_de_Libertação_Nacional
http://www.ezln.org/
http://www.oolhodahistoria.ufba.br/03carval.html