Costumbrismo

O costumbrismo é um movimento artístico e uma tendência que tem o objetivo de que todas as obras de arte sejam uma exposição dos costumes e características de uma sociedade.

Na Europa, o costumbrismo teve grande fase de sua produção na Inglaterra, onde se encontra o escritor Richard Steele, que publicou a revista costumbrista chamada The Tatle; e Joseph Addison, que, junto a Steele, fundou The Spectator, um periódico das artes mais influentes do costumbrismo daquele período. Na França, os nomes mais importantes foram Pierre de Marivaux e Louis-Sébastien Mercier, autores de diversos ensaios. Entre outros escritores, destaca-se Étienne de Jouy, autor de uma obra que influenciou diretamente o espanhol Mariano José de Larra.

Na Espanha, o costumbrismo teve origem pela necessidade de testemunhar as mudanças sociais que estavam ocorrendo. Além disso, os escritores costumbristas de origem espanhola, em uma tentativa de análise da sociedade, colocavam-se à margem social para fazer observações de forma mais desapaixonada e crítica. Esse é o motivo da maioria dos costumbristas esconderem suas verdadeiras identidades atrás de pseudônimos com que assinavam as obras. Serafín Estébanez Calderón, Mariano José de Larra e Ramón de Mesonero Romanos foram os costumbristas de maior destaque.

O costumbrismo, que chegou no continente sulamericano através da Espanha, foi uma das primeiras correntes literárias do Peru após sua independência, que veio depois da vitória em Ayacucho em meados do século XIX. Naquele período ocorreu um grande confronto social e político entre duas classes dominadoras na nação peruana: os liberais e os conservadores. Neste sentido, o costumbrismo foi uma importante ferramenta de debate de ideologias entre as duas facções. Fora isso, a vida republicana passava por momentos de anarquia militar e pelo caudilhismo, forma de poder político baseado no agrupamento de uma comunidade em volta do caudilho.

De acordo com as autoras Raquel Chang-Rodríguez e Malva E. Filer, no livro “Voces de Hispanoamérica”, o costumbrismo “é a tendência ou gênero literário caracterizado pela representação e interpretação de costumes e tipos de países. A descrição que resulta é conhecida como ‘quadro de costumes’ no caso do retrato de uma cena típica ou ‘artigo de costumes’, quando se trata de um tom humorístico e satírico sobre algum aspecto da vida”.

Fontes:
Galeno, Cicero Lopes (org.). Literaturas americanas. Porto Alegre: ediPUCRS, 2012.
Chang-Rodríguez, Raquel y Filer, Malva E.: Voces de Hispanoamérica. Antología literaria. Heinle & Heinle Publishers, Inc. Boston, Massachusetts, l988.
http://es.wikipedia.org/wiki/Costumbrismo_literario#cite_note-2
http://www.archivochile.com/Ideas_Autores/mariategui_jc/d/mariategui0001.pdf