Imagem Real

Imagens geradas por espelhos e lentes pode ser classificados como: imagens virtuais e imagens reais. Dizer que uma imagem é virtual significa apenas que ela se forma na região atrás do espelho utilizado. Mas o que é imagem real? Como ela se forma?

Imagens reais são formadas a partir do encontro real dos raios luminosos. Na construção geométrica representamos os raios luminosos reais por linhas cheias. Já o prolongamento dos raios luminosos, que usamos para construir as imagens virtuais, são representados por linhas tracejadas. Veja:

imagem_real_convexo

imagem real produzida por uma lente convergente

reflexo2

imagem real produzida por um espelho côncavo

Espelhos

Existem diversos tipos de espelhos. Eles podem ser classificados de acordo com a forma de sua superfície em espelhos planos ou espelhos esféricos.

Espelhos Planos – este tipo de espelho é construído a partir de uma superfície plana. Como consequência das leis da reflexão, podemos demonstrar que as imagens formada neste tipo de superfície refletora são virtuais, possuem o mesmo tamanho do objeto e a distância entre o objeto e o espelho é a mesma entre a imagem e o espelho.

Espelhos Esféricos

São feitos utilizando o formato equivalente ao de uma pequena região de uma esfera. Dependendo do lado reflexivo podem ser classificados como côncavos e convexos.

  • Convexos – espelhos esféricos convexos são obtidos tornando a superfície externa da região esférica reflexiva. Eles geram apenas imagens virtuais e menores que o objeto.
  • Côncavos – espelhos esféricos côncavos são aqueles cuja superfície interna é reflexiva. De acordo com a posição do objeto a imagem pode ser maior, menor, real ou virtual. Este é o único espelho que gera imagens reais quando o objeto está situado a uma distância maior que a distância focal.

Lentes e Imagens Reais

As lentes convergentes geram imagens reais concentrando os raios luminosos do lado oposto ao objeto. Por gerar imagens reais as lentes convergentes são muito usadas em equipamentos de projeção, como projetores de cinema. As imagens reais tem a propriedade de serem visíveis quando projetadas em uma superfície.

Aplicações de Imagens Reais

A visão humana é resultado de uma projeção de uma imagem real no fundo do globo ocular. O nervo óptico capta o sinal luminoso e transforma em um sinal eletro-químico que é enviado ao cérebro. As imagens captadas pelo nervo óptico são invertidas, é o cérebro que as interpreta corretamente gerando a imagem mental do objeto.

olhoProjetores de cinema utilizam lentes para gerar uma imagem real a partir das gravações contidas em cada fotograma do rolo de filme. Os fotogramas são projetados no telão rapidamente, dando a ilusão de movimento.

O cinema e os filmes permitiram a exibição e armazenamento de imagens dinâmicas, dando início a grande revolução de mídias que culminaram com o desenvolvimento de sistemas multimídia e a transmissão via Web atualmente.

projetor_cinema

Projetores multimídia exibem as imagens captadas dos computadores em uma pequena tela interna. Através de uma lente, esta imagem aparece na superfície diante do projetor. Este tipo de equipamento possui ajustes que permitem aumentar, reduzir ou ajustar o foco da imagem projetada. Isso é feito quando o controle de imagem muda a posição da lente.

Como vimos o domínio e aplicação do uso de imagens virtuais foi essencial para o desenvolvimento das tecnologias que usamos atualmente.

Fontes:
http://www.fisicaevestibular.com.br/optica12.htm
http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnicaAula.html?aula=23491

Arquivado em: Óptica