Escoliose Neuromuscular

A escoliose não consiste em uma doença, mas sim em uma alteração para alguns dos lados da curvatura natural da coluna vertebral.

escoliose neuromuscularExistem diferentes causas de escoliose, sendo a escoliose neuromuscular uma delas. Este tipo de escoliose decorre de problemas como fraqueza muscular ou do controle precário dos músculos, ou também devido à doenças como paralisia cerebral, distrofia muscular, espinha bífida e pólipo.

Neste caso, a coluna vertebral comumente adota uma longa curva em C, uma vez que as crianças possuem troncos fracos e não são capazes de suportar o peso de seus corpos.

O diagnóstico é feito por meio de exames de imagem como radiografias da coluna vertebral, ou ressonância magnética, juntamente com um exame neurológico em busca de mudanças na resistência, na sensibilidade e nos reflexos.

O tratamento da escoliose neuromuscular objetiva evitar a progressão desta condição, restaurar ou manter os balanceamentos sagital e coronal e o alinhamento ao sentar. Existe a opção de tratamento não cirúrgico, por meio do uso de coletes ou cadeiras adaptadas aos pacientes. Contudo, a cirúrgica e a única forma de frear a progressão desta deformidade.

Fontes:
http://www.minhavida.com.br/saude/temas/escoliose
http://www.medicinanet.com.br/conteudos/revisoes/2659/escoliose_neuromuscular.htm
Foto: http://www.hss.edu/conditions_neuromuscular-scoliosis-overview.asp

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Ortopedia