Adjetivo adverbializado

Graduação em Letras Português e Inglês (Universidade Presbiteriana Mackenzie, 2010)

Publicado em 18/12/2018

O adjetivo, dependendo do contexto, pode ocupar a função de advérbio, permanecendo invariável e, dessa forma, é chamado de adjetivo adverbializado. Sendo assim, o adjetivo adverbializado tem o valor de advérbio ao modificar o verbo, o adjetivo ou o próprio advérbio. É o que acontece quando ele é substituído por advérbios de modo terminados em –mente, provocando uma mensagem mais rápida, enfática e acessível.

Vejamos alguns exemplos abaixo:

Venha rápido ver o carro da Madona passando. – Rapidamente

Clarice escorregou, caiu e bateu forte no chão. – Fortemente

Daniel chegou apressado no hospital. – Apressadamente

Tocaram leve a campainha do senhor da casa amarela. – Levemente

Os irmãos tratavam todas crianças iguais. - Igualmente

Regina falou diferente na palestra. – Diferentemente

Ou ainda, em propagandas famosas como:

A cerveja que desce redondo. ” – Redondamente

Viaje tranquilo, vá pela União. ” – Tranquilamente

Em Adjetivos Adverbializados, a forma adverbial invariável impede a possibilidade de concordância fazendo aflorar o modo por que se processa a ação indicada. Embora o adjetivo adverbializado deva permanecer invariável, existem casos, usados por autores renomados, de sua concordância com o sujeito da oração. É o caso da passagem abaixo de Machado de Assis:

...rompendo nestas palavras meias suspiradas.

Segundo Celso Cunha, isso acontece pela ampla região de contato existente entre o adjetivo e o advérbio.

O sufixo –mente representa a condição para a palavra ser classificada como advérbio. Dessa forma, com o sufixo -mente presente, o adjetivo se transforma em advérbio.

Bibliografia:

CUNHA, Celso. Gramática do Português Contemporâneo. Belo Horizonte: Bernardo Álvares S. A., 6a ed.1976. 509p.

Arquivado em: Português